Publicidade
Página Inicial

BOMBA! Após cortar energia de prédios da prefeitura, CEMAR é expulsa de praça pública, em Açailandia

04/11/2014 às 19:52 em Geral

CEMARDepois de suspender o fornecimento de energia de vários prédios da prefeitura de Açailândia, a companhia energética do maranhão – CEMAR, começa amargar as primeiras perseguições por parte da chefe do executivo municipal, Gleide Lima Santos (PMDB).

Na tarde desta terça-feira (4), uma equipe da companhia intitulada de ‘Caravana da Economia Cemar’, foi literalmente expulsa da praça do pioneiro no centro da cidade, onde fazia cadastro de pessoas carentes de diversos bairros, que no lugar de suas geladeiras velhas receberão geladeiras novas.

Quando os populares questionaram sobre o porquê de estarem sendo expulso do local, os funcionários da prefeitura alegaram que se tratava de uma determinação da prefeita, por conta dos mesmos estarem deteriorando a praça, o que não condiz com a verdade, segundo eles.

A atitude de Gleide Santos deixou todos indignados, já que os mesmos que nada fizeram de errado, foram taxados de “vândalos”.

Em conversa com um dos coordenadores do projeto que não tem autorização para gravar entrevista, ele disse não está entendendo nada, já que em anos anteriores sempre se instalou no mesmo local e nunca teve problema algum.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

3 Comentários para 'BOMBA! Após cortar energia de prédios da prefeitura, CEMAR é expulsa de praça pública, em Açailandia'

  1. não sei o que adianta reclamar ou denunciar o povo desse lugar é selvagem na hora de votar e covarde na hora de cobrar cadê os vereadores cade a voz do povo a propria imprensa como deixam isto acontecer se tomar atitudes

    eronilson

    05/11/2014 às 08:25

  2. A tal equipe tinha autorização do Poder Público para executar propaganda e aglomeração no espaço público?

    Essa atividade poderia ser realizada nos espaços de propriedade da Concessionária.

    Ocupação de Espaço Público deve ser administrado e autorizado.

    Assim sendo a ação dessa e de outra no mesmo sentido é correta.

    Jorge Guterres

    06/11/2014 às 07:32

  3. O povo está sendo punido pela incompetência da prefeitura local, ou seja, o benefício que era para o povo foi freado pela ignorância da prefeita justamente por não fazer sua parte, ou seja, pagar com suas obrigações! O que vem para o povo, sempre tem algo a dificultar. Onde estão os vereadores que respondem pelo povo? Daí se repete o que sempre aconteceu, os candidatos a ocupar uma vaga somente aparecem para serem beneficiados por 4 anos. O povo deve acordar e procurar estudar o que é melhor para todos e excluir tais representantes na hora do voto!!!

    Berg

    30/11/2014 às 12:55

Deixe um comentário


+ 5 = 8