Publicidade
Página Inicial

Assembleia, IBGE e Imesc discutirão limites municipais

15/04/2011 às 12:20 em Sem categoria

Encontro deve acontecer após o feriado da Semana Santa, na primeira reunião ordinária da comissão.


Assembleia, IBGE e Imesc discutirão limites municipais
SÃO LUÍS – A Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional da Assembleia Legislativa decidiu, na reunião desta quinta-feira (14) pela manhã, convidar os dirigentes da delegacia regional do IBGE e do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc) [ligado à Secretaria de Planejamento e Orçamento do Estado], para debater a situação cartográfica do Maranhão visando resolver os problemas de limites e ajudar na criação de novos municípios. 

O encontro deve acontecer após o feriado da Semana Santa, na primeira reunião ordinária da comissão. 

Participaram da reunião que definiu pelo convite aos representantes dos dois órgãos os deputados André Fufuca (PSDB), que é o presidente da Comissão; Carlinhos Florêncio (PHS); Vianey Bringel (PMDB) e Hemetério Weba (PV). Os parlamentares analisaram longamente os problemas enfrentados pelo Maranhão por conta da falta de definição correta de limites. 

André Fufuca disse, por exemplo, que o problema de limites atinge o Estado inteiro e que precisa ser solucionado para beneficiar corretamente a população. Hemetério Weba, ex-prefeito de Nova Olinda, concordou que a situação atinge vários municípios e que com a ajuda dos dois órgãos a Assembleia pode resolver a questão, pensamento compatilhado por Carlinhos Florêncio e Vianey Bringel. 

Os deputados querem também colher informações sobre as propostas de novas emancipações municipais, para tentar retomar para as Assembleias o direito de criar novos municípios. 

Os convites da comissão devem ser dirigidos ao chefe da unidade do IBGE no Maranhão, economista Marcelo Virgínio, e ao presidente do Imesc, economista Fernando Barreto.

Fonte: Assecom/Assembleia Legislativa

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


6 − 4 =