Publicidade
Página Inicial

Campanha “Rede do Bem: estamos aqui para ajudar!” é lançada pelo Ministério Público do Mranhão

10/09/2019 às 19:02 em Geral

Foi lançada na manhã desta terça-feira, 10, na Praça Nauro Machado, Praia Grande, a campanha “Rede do Bem: estamos aqui para ajudar!”, uma iniciativa do Ministério Público do Maranhão, por meio do Centro de Apoio Operacional de Direitos Humanos, em parceria com o Fórum Estadual de Prevenção da Automutilação e do Suicídio.

Dez de setembro é a data definida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como o Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio.

Idealizada pela promotora de justiça Cristiane Maia Lago, coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Direitos Humanos (CAOp-DH), a campanha tem o objetivo de prevenir a automutilação e o suicídio, principalmente entre o público jovem.

De acordo com dados da OMS, 800 mil pessoas recorrem ao suicídio anualmente, tornando-se a segunda maior causa de morte entre os jovens. Em primeiro lugar, estão os acidentes de trânsito.

A programação teve início às 7h30, no estacionamento do Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, com o plantio de mudas de árvores. Membros e servidores do MPMA, representantes de instituições parceiras do Fórum, profissionais de saúde, estudantes e professores das redes públicas de ensino estiveram presentes no evento.

Foram realizadas palestras com enfoque sobre a temática da prevenção à automutilação e ao suicídio, rodas de conversa, atendimentos de saúde, além de apresentações e atividades culturais e desportivas. As ações aconteceram na Praça Nauro Machado, Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, Casa de Cultura Huguenote Daniel de La Touche e Centro Cultural e Educacional Mandingueiros do Amanhã.

O Coral Vozes do MP apresentou-se no palco montado na Praça Nauro Machado.

IMPORTÂNCIA DA CAMPANHA

A promotora de justiça Cristiane Lago destacou a importância da campanha, que enfoca um tema tão complexo e delicado para a sociedade. “É uma questão de saúde pública que deve ser abordada com muita seriedade, mas sobretudo com alternativas. Nós temos que demonstrar que há opções, sim, de vida saudável, edificante, que é o que estamos apresentando aqui hoje, com as atividades culturais, esportivas, lazer, objetivando propiciar uma prevenção efetiva”, afirmou.

Em uma roda de conversa com alunos de escolas públicas da rede municipal de São Luís, policiais militares com formação em psicologia orientaram o público sobre os cuidados que devem ser adotados na prevenção ao suicídio.

A tenente-coronel Cristiane Luna, a tenente Andreia Cavalcanti e o cabo Alison Oliveira alertaram os estudantes sobre atitudes que podem ser adotadas quando nos deparamos com comportamentos de pessoas que se isolam dos grupos sociais e revelam uma tristeza profunda. “No dia-a-dia, até cuidamos da nossa saúde física, mas esquecemos da saúde mental. Hábitos simples, como cuidar da aparência, sair com amigos, viajar, ler um livro, ver um filme, podem fazer a diferença e contribuir para uma melhor qualidade de vida”, orientou Cristiane Luna.

O diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais da Procuradoria Geral de Justiça, Marco Antonio Amorim, considera que uma grande saída para o combate aos cada vez mais crescentes números do suicídio seja o esforço coletivo de todos os segmentos da sociedade. “Campanhas como esta é que podem trazer resultados mais eficazes para a prevenção. Esta reunião de cerca de 70 entidades parceiras é uma demonstração clara desse desejo de enfrentar o problema de forma organizada”, acentuou.

PROGRAMAÇÃO TARDE

No período da tarde, a programação seguiu também com palestras e rodas de conversa, além de exposições de trabalhos das entidades parceiras.

No encerramento, os representantes do Fórum Estadual de Prevenção da Automutilação e do Suicídio se manifestaram, para fazer uma avaliação do dia e anunciar novas etapas da campanha “Rede do Bem: estamos aqui para ajudar!”. O evento será encerrado com um show do cantor Marquinho Leite.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


9 + = 12