Publicidade
Página Inicial

Corregedor-geral de justiça Paulo Velten visita comarca de Açailândia

27/08/2021 às 07:23 em Sem categoria

Cumprindo agenda de trabalho na região Tocantina, o corregedor-geral da Justiça, desembargador Paulo Velten, esteve reunido com juízes da Comarca de Açailândia. O encontro aconteceu no Fórum de Justiça e faz parte do trabalho itinerante da Corregedoria na região, que se estende até a próxima sexta-feira (27).

Assim como aconteceu na reunião em Imperatriz, Velten conversou com os magistrados e reforçou o compromisso da Corregedoria em pautar a atuação no diálogo permanente com a categoria. 

O juiz diretor do Fórum, Frederico Feitosa, avalia a visita e o acompanhamento por parte da Corregedoria como positivos. Ele parabenizou a iniciativa do desembargador Paulo Velten em fortalecer esse diálogo de retomada dos trabalhos presenciais, em que a magistratura e o quadro de servidores precisam de apoio. O diretor lembrou que a Corregedoria é vista pela magistratura como um órgão de apoio, acompanhamento e orientação. 

“Os órgãos de correição possuem um papel também de orientação, fazendo necessário entender a realidade em que magistrados e servidores estão inseridos. A visita possibilita a compreensão das necessidades e contribui para que possamos melhorar a qualidade dos nossos serviços, principalmente diante dos obstáculos trazidos pela pandemia”, disse.

Uma das dificuldades detectadas diz respeito à força de trabalho, devido à pouca quantidade de servidores. Sobre a ausência do salão do júri, o corregedor foi informado de que já consta um processo licitatório em andamento no Tribunal de Justiça para o início das obras. 

Para buscar dinamizar os serviços da Justiça, o corregedor propôs a implantação da Secretária Judicial Única (Sejud), que agrega em uma só unidade as demandas das secretarias das varas cíveis, fazendárias e de família. A metodologia, que já funciona com sucesso em São Luís e Timon, pode ser levada, em breve, para Açailândia e para a Comarca vizinha, Imperatriz.

Quanto à retomada das audiências presenciais, os juízes informaram que, na Comarca, já tiveram início os agendamentos, mas que as partes e advogados têm preferido a audiência virtual, prática que ganhou força e se consolidou durante a pandemia. Já o atendimento presencial ao público também foi retomado, mantendo-se os canais remotos para demandas específicas.

A Comarca de Açailândia é classificada como de Entrância Intermediária e é uma das maiores do Estado. Atualmente, possui 08 unidades judiciárias, sendo 02 varas cíveis, 02 varas criminais, 02 varas de família, 01 vara fazendária e 01 juizado especial cível e criminal.

Assessoria de Comunicação
Corregedoria Geral da Justiça
[email protected]

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


+ 1 = 9