Publicidade
Página Inicial

Polícia Militar deixa população a mercê dos bandidos em Açailandia

19/09/2015 às 08:31 em Polícia
Viatura

Vergonha: Viatura parada por falta de combustível

Açailândia – A 5ª Companhia Independente de Polícia Militar de Açailândia vive um dos seus piores momentos, se não o pior desde a sua implantação. Como é do conhecimento de todos, inclusive do Comando Geral da Polícia Militar do Estado do Maranhão, há anos a 5ª CI vem operando com metade da estrutura necessária para atender a demanda, que cresce a cada dia.

A deficiência dos serviços por conta da “DEFASAGEM” já foi denunciada pelo poder legislativo local, que criou uma comissão de segurança para cobrar de quem é de direito providencias em caráter de urgência, já que a população do município vive a mercê dos bandidos.

O problema que já era sério, nos últimos dias se agravou mais ainda. Só para que se tenha uma idéia, as poucas viaturas existentes estão ficando sem fazer suas rondas por falta de combustível, o que é um verdadeiro absurdo.

Diante do quadro “CAÓTICO”, o Major Cesar Martins, comandante Interino da companhia e seus comandados sentem-se impotentes ao saber que dezenas de pessoas são assaltadas a luz do dia todos os dias e nada poder fazer.

Recentemente o comandante da Polícia Militar, Coronel Alves esteve em Açailândia, quando fez apenas duas “PROMESSAS” que seriam cumpridas até o fim do ano em curso: Entregar o novo Quartel e transformar a 5ª CI em Batalhão, o que lamentavelmente a população e nem a tropa acredita mais.

Com a Palavra o Sec. de Segurança do Estado!   

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Um comentário para 'Polícia Militar deixa população a mercê dos bandidos em Açailandia'

  1. Pois é! Enquanto isso ontem 18/09 as 11hs da manhã no Bazar Bandeirantes tinha um capitão Pm esperando sua esposa fazer suas compras. E na porta um soldado com uma viatura Duster esperava o oficial e sua esposa fazer suas compras! Ou seja um policial + 1 viatura parados fazendo serviços particulares para o capitão! E ai eu pergunto? O cidadão que vai interpelar essa situação errada dessas o que acontece? Lógico que será preso por desacato! Pois interpelar um oficial que juntamente com sua esposa tem à disposição um soldado é uma viatura para fazer suas compras é um desacato. Assim realmente é difícil!

    fernando Costa

    19/09/2015 às 11:22

Deixe um comentário


9 − = 3