Publicidade
Página Inicial

Defesa Civil de Imperatriz atua em pontos de alagamentos; nas últimas 12h choveu mais de 113 milímetros

04/03/2020 às 17:46 em Geral

Monitoramento é realizado no Parque Alvorada, Vila Cafeteira, Vila João Castelo, Parque Amazonas, entre outros bairros

Desde a noite de terça-feira, 03, até as primeiras horas desta quarta-feira, 04, a Prefeitura por meio da Defesa Civil se manteve em observação e monitoramento. A preocupação está relacionada à quantidade de chuva ainda prevista, e a prestar assistência nos pontos de alagamentos.

Segundo a Defesa Civil, nas últimas 12 horas choveu o equivalente a 113.26 milímetros, o que gerou  pontos críticos em diversos bairros da cidade. O superintendente Josiano Galvão explica que todas as medidas de apoio à população estão sendo feitas.

“Estamos com toda nossa equipe em campo monitorando os pontos críticos, dando todo suporte necessário à população. Infelizmente, temos algumas famílias desabrigadas, mas que já estão recebendo auxílio por meio também da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, que disponibiliza cestas de alimentos, kits de higiene pessoal e de limpeza para as famílias”. 

Ainda de acordo com o órgão, a Prefeitura organiza abrigos para estas famílias, um deles fica na igreja católica do bairro Vila Nova, na Rua Dom Macelino, e os outros no Ginásio Esportivo do Conjunto Planalto e do Parque Alvorada.

O prefeito Assis Ramos esteve nas primeiras horas do dia acompanhando as equipes de resgate nos principais bairros atingidos. “Infelizmente o volume grande de chuva desta noite acarretou esses alagamentos, mas vale ressaltar que alguns pontos alagados no Parque Alvorada ano passado não foram atingidos este ano, isso devido as ações realizadas pelas frentes de serviços da Prefeitura que amenizam os prejuízos decorrentes do período chuvoso em nossa região”. 

Foram realizados reparos de pontes, drenagem profunda dos riachos, e colocação de manilhas para escorrer a água, esses são alguns dos trabalhos de responsabilidade da Sinfra. Em conjunto, a Limpeza Pública realiza varrição das ruas, desobstrução de bueiros, limpeza dos riachos, recolhe o lixo e pontas de lixo da cidade.  A Secretaria de Meio Ambiente contribui com plantio de árvores nas margens dos riachos e a Defesa Civil acompanha de perto e todos os dias, o volume de água dos riachos, que geralmente transbordam nessa época.

“Não fossem essas ações lá atrás, hoje estaria um caos a situação de Imperatriz, especialmente nos bairros que mais sofreram ano passado. Estamos num período de chuvas, mas relativamente preparados para fazer o possível e impossível para que a população tenha total suporte, caso necessite”, afirma Josiano Galvão.

Os maiores acúmulos de chuva nas últimas horas, foram medidos nos pluviômetros instalados na Semus (Av. Dorgival Pinheiro de Sousa, Centro) com 92,20 mm; Infraero com 124,40mm; Caema 130,40mm e Vila Cafeteira com 106,04mm. A Superintendência de Proteção e Defesa Civil de Imperatriz ainda alerta sobre o grau de severidade para acúmulo de chuvas até quinta-feira, 05. A informação foi divulgada pelo Centro Virtual para Avisos de Eventos Meteorológicos Severos para o Sul da América do Sul, ALERT-AS, do Instituto Nacional de Meteorologista, INMET.

O monitoramento é realizado principalmente no Parque Alvorada, Vila Cafeteira, Vila João Castelo e Parque Amazonas. Porém outros bairros também estão recebendo apoio.

Da Assessoria      

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


8 + 6 =