Publicidade
Página Inicial

Del. Saniel Trovão fala sobre o caso de Gabriel da Silva, funcionário da CEF vítima de racismo

22/12/2021 às 20:19 em Sem categoria

O Delegado de Polícia Civil, Dr. Saniel Ricardo Trovão Brito (Titular do 1° Distrito Policial de Açailandia), que preside o inquérito policial que apura “agressões gratuitas”, sofridas pelo o jovem Gabriel da Silva Nascimento (23), funcionário da Caixa Econômica Federal de Açailandia, fala com exclusividade ao Blog do Antônio Marcos.

De acordo com imagens registradas por câmeras da rua (foto abaixo), o jovem foi agredido brutalmente pelo um indivíduo identificado até o momento, apenas pelo prenome de “Jhonata Barbosa”. O fato ocorreu no último sábado (18), em Açailandia.

Gabriel, que não tem antecedentes criminais, foi “arrancado” pelo agressor de dentro de seu carro, após ser confundido com um “ladrão”. Em um vídeo que circular nas redes sociais, Gabriel diz que o fato se deu pelo mesmo ser afro descendente brasileiro (negro) e de pequena estatura. Diz ainda que ficou com medo de morrer, pois a sessão de espancamentos só foi interrompida com a chegada de um vizinho do prédio onde mora, que disse ao “agressor furioso”, não se tratar de bandido e sim de uma pessoa de bem.

Jhonata tava acompanhado de uma mulher, identificada como Ana Paula Vidal Correia, que teria incentivado as agressões. Esta também deverá ser responsabilizada, caso isso seja configurado durante investigações. Bem que só o fato dela presenciar a “barbárie” e não fazer nada para tentar impedir, já catacteriza crime.

O QUE DIZ A POLÍCIA SOBRE O CASO

Em conversa com o titular deste noticioso, Dr. Saniel Trovão falou sobre as condutas adotadas sobre o caso. “A vítima veio a delegacia, fez o Boletim de Ocorrência, onde relatou as agressões sofridas, motivo pelo qual foi submetida a exames de corpo de delito. Foi baixado portaria para instaurar inquérito policial para apurar o fato, que só ao término das investigações é que vamos saber o desfecho, quê poderá culminar em série de crimes, entre os quais, tentativa de homicídio”, disse o delegado.

Dr. Saniel Trovão acrescentou ainda que a Polícia Civil está tomando todas as providências no sentido de esclarecer o caso e dar uma resposta a sociedade. Inclusive a vítima será ouvida pela polícia nesta quinta-feira (23).

O caso chocou a cidade de Açailandia e região, que aguarda uma resposta a altura por parte das autoridades competentes.

Matéria atualizada em 22/12/2021 às 22h19PM

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


2 + = 11