Publicidade
Página Inicial

Em Imperatriz, Alunos da Rede Municipal recebem passe livre estudantil

18/05/2018 às 19:15 em Sem categoria

Foram entregues 151 novos cartões com saldo, para estudantes que moram no residencial Sebastião Régis!

Passe Livre

No Sebastião Régis, 289 crianças e adolescentes são beneficiadas pelo cartão (Foto: Sara Ribeiro)

Famílias do Residencial Sebastião Régis, com filhos em idade escolar, receberam nesta sexta-feira, 18, o cartão passe livre estudantil, concedido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Semed. Foram entregues 151 novos cartões, com saldo, prontos para serem utilizados.

Benefício ampara alunos do ensino fundamental, com idade mínima de oito anos e matrículas efetivas em escolas da rede distantes do Bairro Sumaré, facilitando a locomoção com uso do transporte público. Ao todo, 289 crianças e adolescentes utilizam o serviço.

“Trata-se de uma medida imediatista que aplicamos em 2018, em razão do residencial não ter sido entregue com as escolas que haviam no projeto. Não poderíamos deixar essas crianças sem estudar, além da gestão ter a sensibilidade de entender que as famílias são de baixa renda para custear o transporte diário, para escolas distantes de casa” – destacou o secretário municipal de Educação, Josenildo Ferreira.

Na oportunidade, o secretário ainda se desculpou com a comunidade pelo atraso na entrega dos cartões. “Estávamos com tudo pronto para entrega, mas o problema foi a própria empresa de transporte público que estava em atraso na renovação da concessão. Regularizada a situação da empresa junto a Secretaria de Trânsito, os novos cartões puderam ser entregues”.

Sobre a recarga das carteiras, ocorre de forma automática, de acordo com a quantidade de aulas para o mês, seguindo calendário letivo da rede municipal de ensino. Além disso, o usuário precisa utilizar de forma adequada o benefício, conforme orientações repassadas pelo departamento de Educação no Campo, para evitar bloqueio. “Causas de empréstimo para terceiros, utilização incorreta ou indevida há a suspensão do cartão, com desbloqueio somente após 30 dias” – informou o coordenador da Educação no Campo, Daniel Conceição.

Com filhos beneficiários, Laudeci da Silva, diz ter ficado aliviada com o recebimento dos cartões dos filhos. “Antes, levava do jeito que dava, de bicicleta, pagava ônibus, mesmo com carteirinha de estudante pagando meia, para quem não tem renda é muito pesado. Agora vai melhorar, porque na luta que a gente vive, o dinheiro faz falta e tinha mês que não dava” – revelou.

Escolas no bairro

Com a habitação do empreendimento Sebastião Régis, as escolas no Sumaré não comportaram toda a demanda de estudantes do local. Ciente disso, o Município providenciou projeto para construção de uma escola com 12 salas, incluído no Plano de Ações Articuladas, PAR, para aquisição de recurso junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, FNDE. Além disso, a construção de outra escola de educação infantil, modelo ProInfância, está em andamento. Com preparação do solo, terraplanagem e muro de arrimo finalizados pela prefeitura, a unidade está pronta para edificação do prédio, no aguardo da liberação de recurso do governo federal para continuidade da obra.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


9 + 8 =