Publicidade
Página Inicial

Esquema da agiotagem: lista de gestores e ex-gestores divulgada pelo G1 causa reações

25/04/2013 às 10:51 em Destaque, Política
soliney ESSA

prefeito Soliney Silva

São Luis – O Portal G1 Maranhão divulgou na noite desta quarta-feira (24), relação de 41 ex-gestores e gestores que estariam envolvidos no esquema de agiotagem comandado pelo empresário Gláucio Alencar e seu pai, Miranda Alencar, apontados como dois dos três principais mandantes do assassinato do jornalista e blogueiro Décio Sá, executado na avenida Litorânea no dia 23 de abril do ano passado.

O portal de notícias informa que fez um levantamento entre os anos de 2010 e 2012 junto ao TRE e concluiu que os investigados são os ex-prefeitos daquele período, alguns com mandatos renovados na última eleição de 2012, sem ter o devido cuidado de confrontar com as informações da polícia que investiga o caso.

O prefeito de Coêlho Neto, Soliney Silva, que teve seu nome relacionado, foi o primeiro a reagir e desafiar a polícia a provar qualquer transação da prefeitura que comanda com as empresas do agiota Gláucio Alencar.

”Já acionei a procuradoria jurídica do município para ingressar com ação contra qualquer insinuação que tente envolver meu nome com o esquema de agiotagem e assim reparar uma grave injustiça que está sendo cometida agora”, informou Soliney.

para ele, a polícia que investigou o caso e passou as informações ao jornalismo da TV Mirante dando apenas os municípios deveria liberar os nomes dos gestores para que a população possa realmente saber quem esteve ou está envolvido com a agiotagem no Maranhão.

Outro dado que chama a atenção nas informações do portal da Mirante diz respeito ao município de Arari. A TV noticiou que o prefeito que tinha transações com Gláucio Alencar era mindunbim, que na época assessorado por um hoje suplente de vereador da capital, amigo do agiota. Aliás, antes de ser cassado, o ex-prefeito teve um camionete Hilux tomada em via pública por Gláucio. Na lista do G1 Mindubim teve o nome trocado por Leão Santos Neto, ou que vai acionar a Justiça.

Par não cometer equívocos ou pré-julgamentos, o blog divulga agora a relação do G1 sem os nomes de gestores e ex-gestores que reagiram à publicação do portal.

Apicum-Açu: Sebastião Lopes Monteiro
Arari:
Bacabal: Raimundo Nonato Lisboa
Brejo: José Farias de Castro
Cajapió: Francisco Xavier Silva Neto
Cândido Mendes: José Haroldo Fonseca Carvalho
Cantanhede: José Martinho dos Santos Barros
Caxias: Humberto Ivar Araújo Coutinho
Coelho Neto:
Cururupu: José Francisco Pestana
Dom Pedro: Maria Arlene Barros Costa
Lago Verde: Raimundo Almeida
Lagoa Grande: Jorge Eduardo Gonçalves de Melo
Magalhães de Almeida: João Cândido Carvalho Neto
Marajá do Sena: Manoel Edvan Oliveira da Costa
Mirador: Joacy de Andrade Barros
Miranda do Norte:
Mirinzal: Ivaldo Almeida Ferreira
Nina Rodrigues: Iara Quaresma do Vale Rodrigues
Paço do Lumiar: Glorismar Rosa Venancio
Pastos Bons: Enoque Ferreira Mota Neto
Paulo Ramos: Tancledo Lima Araújo
Penalva: Maria José Gama Alhadef
Pindaré-Mirim: Henrique Caldeira Salgado
Pinheiro: José Arlindo Silva Sousa
Rosário: Marconi Bimba Carvalho de Aquino
Santa Luzia: Márcio Leandro Antezana Rodrigues
Santa Luzia do Paruá: José Nilton Marreiros Ferraz
São Domingos do Azeitão: Sebastião Fernandes Barros
São Domingos do Maranhão: Kleber Alves de Andrade
São Francisco do Brejão: Alexandre Araújo dos Santos
São João do Sóter: Luiza Moura da Silva Rocha
São Luís: João Castelo Ribeiro Gonçalves
Serrano do Maranhão: Leocádio Olimpio Rodrigues
Sucupira do Riachão: Juvenal Leite de Oliveira
Timon: Maria do Socorro Almeida Waquim
Turilândia: Domingos Sávio Fonseca Silva
Tutóia: Raimundo Nonato Abraão Baquil
Urbano Santos: Abnadab Silveira Leda
Vargem Grande: Miguel Rodrigues Fernandes
Zé Doca: Raimundo Nonato Sampaio

Do Blog do Luis Cardoso

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


− 4 = 5