Publicidade
Página Inicial

Ex-vereadora de João Lisboa comete suicídio por envenenamento

16/08/2011 às 10:10 em Sem categoria

João Lisboa – A ex-vereadora e diretora-adjunta da Escola Henrique de La Rocque Almeida, Diva Aguiar, 56 anos, morreu no ultimo sábado (13) em João Lisboa, vítima de suicídio.
Ela sofria de depressão profunda e chegou a comprar em uma casa de produtos agropecuários um veneno conhecido por Chumbinho, produto clandestino e irregularmente utilizado como raticida.
O estado da ex-vereadora se agravou mais ainda quando ela viu passar em frente à sua casa o féretro das duas irmãs que foram assassinadas na noite da última quinta-feira. 
Ela teria lembrado do casal de sobrinhos que morreu vítima de acidente de moto na Pedro Neiva de Santana, há cerca de dois anos. Isso agravou mais ainda o seu estado depressivo, o que culminou com o extremo gesto.
O vereador Raimundo Soares Neto, o Nego da Edna, lembra a trajetória política da ex-vereadora, que prestou relevantes serviços ao povo de João Lisboa. 
Nego da Edna diz que a morte de Diva Aguiar, que também era funcionária pública do município de João Lisboa, deixou a cidade entristecida, pois nesses últimos três dias depara-se com uma onda de violência. “Vários acidentes e homicídios aconteceram nessa semana em nossa cidade, e ainda essa tragédia com a vereadora Diva Aguiar, pessoa do nosso convívio”, comenta.
A vice-prefeita Edna Maria desabafou ao declarar que a “cidade de João Lisboa está de luto, pois vive um momento de reflexão com tantas tragédias seguidas”. “A ex-vereadora Diva Aguiar, cidadã honrada, somou muito com o desenvolvimento dessa cidade, pois a conheço desde a juventude”, relata.
Edna Maria, bastante emocionada, falou que Diva Aguiar deixa um grande laço de amizade e muita saudade entre todos que a conheciam em João Lisboa. “Essa é uma fase difícil para todos nós de João Lisboa”, observa.
A presidente da Câmara de Vereadores de João Lisboa, Sônia Mota Santana, também lamentou a morte da colega Diva Aguiar, que exerceu o mandato de vereadora na gestão do ex-prefeito Raimundo Cabeludo. “Diva era uma guerreira, prestou relevantes serviços a João Lisboa”, finalizou.
Fonte/o progresso
Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


4 + 8 =