Publicidade
Página Inicial

Homem é preso acusado de desviar mais de R$ 2 milhões

22/06/2011 às 20:11 em Sem categoria

Maranhão – Uma ação conjunta das polícias do Maranhão e do Pará resultou na prisão de Diogo Costa Carvalho, 29 anos, acusado do crime de estelionato, na manhã de quarta-feira, 22.

Com um mandado de prisão expedido pela justiça paraense contra Diogo, a Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) daquele estado entrou em contato com a Superintendência da Polícia Civil do Interior (SPCI), no Maranhão, para dar cumprimento ao mandado.

O delegado Luís Xavier, da DRCO, veio à capital maranhense para efetuar a prisão. Ele e o delegado Veloso, da SPCI, encontraram Diogo dormindo, instalado em um condomínio de luxo no bairro Olho D’água.

No local, a polícia apreendeu cheques, joias, artigos eletrônicos, perfumes, documentos falsos, equipamentos para a montagem de máquinas caça-níqueis, além de um revólver calibre 38 com seis munições.

De acordo com informações da Polícia Civil paraense, Diogo, residente na cidade de Marabá, estava envolvido em um esquema de desvio de cerca de R$ 2 milhões que a Justiça Federal de Pernambuco tinha determinado aos pagamentos de precatórios (ações de indenização).

O dinheiro desviado era sacado através de documentos falsos, na agência do Banco do Brasil da cidade de Novo Repartimento (Pará).

O esquema, investigado pela operação “Cash Break”, contava com a participação de mais de dez pessoas, dentre as quais o próprio vice-prefeito da cidade, Roberto Aparecido de Passos, da gerente do banco, Antônia Lemos Braga de Moraes, considerada a principal articuladora das ações da quadrilha, além de empresários e servidores públicos.

No Maranhão, Diogo foi autuado por porte ilegal de arma de fogo. Após o pagamento da fiança, ele será reconduzido à Justiça do Pará, para o cumprimento da pena por estelionato.

Fonte/o imparcial
Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


6 − = 3