Publicidade
Página Inicial

Judiciário premia estudantes vencedores de ‘Concurso de Redação’ em Açailândia

27/08/2019 às 09:14 em Justiça

O Judiciário de Açailândia realizou, na manhã da última quinta-feira (22), a solenidade de premiação da Ação Social “Produção de Redação”, organizada pela 2ª Vara da Família da comarca. Voltada para estudantes de nível médio, a ação teve como objetivo estimular a leitura e a escrita, fazendo despertar o interesse pela reflexão sobre temas relacionados à cidadania, à cultura, ao lazer e à sociedade.

A entrega dos prêmios aconteceu na Escola Antonio Carlos Beckman, por suas alunas terem conquistado as três primeiras colocações do concurso, obtendo as seguintes classificações e premiações: Maria Leticia Silva de Andrade (1º lugar – 1 notebook); Anyele Oliveira do Nascimento Vieira (2º lugar – 1 smartphone) e Ana Beatriz Correia da Silva (3º lugar – 1 tablet)

A ação foi organizada pela juíza Clécia Pereira Monteiro (2ª vara da família), idealizadora de diversas iniciativas em favor da infância e juventude em Açailândia. Nesta última, mais de 700 alunos da rede pública estadual e federal redigiram sobre o tema “O uso excessivo das redes sociais e suas consequências”. Esse tema foi escolhido com a finalidade de debater sobre a influência das redes sociais na vida de adolescentes, incentivando a reflexão sobre o uso das plataformas de interação social.

“O Poder Judiciário é parceiro da sociedade civil, buscando garantir continuadamente a crianças e adolescentes os direitos previstos no ECA, de forma que possamos ter uma educação de qualidade para o futuro da nossa juventude”, destacou a juíza, sobre o projeto.

Na premiação, a juíza parabenizou a direção e os professores da escola vencedora, pelo compromisso com a qualidade da educação na cidade de Açailândia. Agradeceu, ainda, aos integrantes da banca examinadora, que participaram de forma voluntária neste projeto: Frederico Feitosa, juiz de Direito; Gleudson Malheiros Guimarães, promotor de Justiça; Lívia Cavalcante Bessa, defensora pública; Daniel Galvão, advogado e Rafael Rodrigues, técnico judiciário da comarca.

Estiveram presentes na solenidade, o promotor de Justiça Gleudson Malheiros Guimarães; adefensora pública Lívia Cavalcante Bessa; o  presidente da subseção da OAB de Açailândia, Daniel Galvão; o gestor regional da Seduc, João Bosco Gurgel, professores, diretores e alunos das escolas e servidores do Judiciário.

Participaram do concurso as escolas Isaura Amorim (Cidelândia); Darcy Ribeiro, José Cesário, Lourenço Galletti, Joviana S. Farias, IFMA, Antonio C. Beckman. O Regulamento da ação foi publicado no dia 19/03/2019 no Diário da Justiça Eletrônico. E o resultado final foi divulgado pela Portaria Judicial nº 06/2019, de 30 de julho de 2019, assinada pela juíza da 2ª vara da família.

ASCOM/TJMA

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


2 + 4 =