Publicidade
Página Inicial

Min. da Saúde Henrique Mandetta realiza vistoria técnica em obra de reforma do Socorrinho de Imperatriz

22/09/2019 às 09:38 em Saúde

Prefeitura garante que obra será completamente finalizada em outubro

“Nós temos que agradecer essa ajuda, só temos gratidão ao ministro da saúde que nos atendeu tão bem e nos ajudou quando o procuramos” agradeceu Assis Ramos. (Foto: Patrícia Araújo)

O ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, acompanhado do prefeito Assis Ramos e do deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA), realizou, na tarde de quinta-feira,19, uma vistoria técnica na obra de reforma geral e ampliação do Hospital Municipal de Imperatriz Infantil, HMII, popular “Socorrinho”.

Executada com recursos do Ministério da Saúde e gerida pela Prefeitura, a obra está com 92% concluída e será oficialmente entregue à população no dia 12 de outubro, Dia das Crianças e de Nossa Senhora Aparecida. A principal novidade do Socorrinho será a criação de uma Brigada de Combate a Incêndio, onde os funcionários do próprio hospital terão treinamento em caso de emergência e para instalação de extintores e hidrantes.

Durante a visita, o ministro Luiz Henrique Mandetta falou sobre a dedicação do prefeito em ir atrás dos recursos para a reforma do prédio. “Olhei as recordações da situação deste hospital, era uma situação calamitosa. Estou aqui hoje por conta da iniciativa do gestor que a gente vê que tem responsabilidade, que está trabalhando, e está correndo atrás” disse o ministro que também elogiou o corpo clínico do Hospital Municipal de Imperatriz ( Adulto e Infantil). “Encontrei os médicos e enfermeiros trabalhando com garra e gana para salvar vidas”, concluiu Mandetta ao visitar as dependências do  HMI.

O prefeito Assis Ramos, também se mostrou feliz com o andamento da obra, resultado de uma parceira em prol da população. Ele lembrou que o ministro liberou recursos emergenciais e também agradeceu aos deputados Juscelino Filho e Cléber Verde, responsáveis por enviar emenda parlamentar para a obra.

“Nós temos que agradecer essa ajuda, só temos gratidão ao ministro da saúde que nos atendeu tão bem e nos ajudou quando o procuramos” agradeceu Assis Ramos, que estava ao lado do deputado federal Juscelino Filho.

Na ordem de serviço assinada pelo prefeito Assis Ramos no dia 22 de abril, o prazo previsto em contrato para a conclusão da obra é 180 dias e atualmente a obra já está na fase final com 150 dias de execução.

O engenheiro civil Dionatas Alves de Oliveira explica que o prédio do Socorrinho teve todas as instalações elétricas substituídas, com a criação de instalações independentes para as centrais de ar, uma novidade, uma vez que o hospital agora está totalmente climatizado. As instalações hidráulicas e sanitárias também foram revisadas. “O que foi preciso trocar foi trocado, principalmente na parte elétrica. Antes toda a parte de fiação era completamente ultrapassada e hoje é tudo novo”, observou.

“O ministro da saúde está em Imperatriz para uma visita técnica da obra que está bem adiantada. A inauguração será no dia 12 de outubro, Dia das Crianças e de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil e que queremos também que seja também padroeira do hospital para não acontecer mais nada ruim de qualquer ordem”, comentou  o secretário municipal de Saúde, Alair Firmiano.

O titular da Semus disse que a partir do dia 13/10, o Socorrinho voltará a receber os pacientes no prédio localizado na rua Luis Domingues com rua Pará, Centro.

A diretora do HMII, Bharbara Rodrigues disse que a expectativa de servidores e da população em torno da retomada dos atendimentos no prédio reformado é grande. Já está sendo providenciada toda a mobília hospitalar, máquinas e alguns aparelhos. “Estamos todos ansiosos pelo retorno ao hospital e estamos providenciando a mobília, mas com fé em Deus antes do dia 12 já vamos estar prontos para receber nossos pacientes”, comemorou.

A obra                   

Após incêndio no sábado de Carnaval, que obrigou a transferência de pacientes para a Unidade Básica de Saúde do bairro Vila Nova, o prédio passou por ampla reforma com recursos emergências do Ministério da Saúde orçados R$ 1.273.078,23 (um milhão duzentos e setenta e três mil e setenta e oito reais e vinte e três centavos). E os recursos foram liberados pelo Governo Federal a partir de emenda parlamentar.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


9 + = 14