Publicidade
Página Inicial

MP pede explicação à Vale sobre acidente no rio Mearim

04/03/2011 às 17:19 em Sem categoria

Boias para a contenção do óleo derramado

Após o acidente com um barco rebocador no rio Mearim, ocorrido na madrugada de quarta-feira(02), com possíveis danos ao meio ambiente por derramamento de óleo, o Ministério Público, por meio da promotoria de Justiça da comarca do município de Vitória do Mearim, realizou vistoria na área para avaliar o fato e suas consequências.

Barco tombado no caís

O rebocador, que tombou no cais, pertence a empresa Novus Engenharia terceirizada da mineradora Vale. De acordo com a promotora de Justiça titular da comarca, Letícia Teresa Sales Freire, a princípio não foi possível constatar graves danos ao meio ambiente, devido a forte influência das marés sobre o rio e, a contenção do vazamento por meio de boias. Segundo a promotora a vistoria foi realizada no cais e nas margens do rio, na manhã da quarta-feira, logo após o recebimento da denúncia.
No entanto, o acidente deve ser esclarecido. Para isso, a promotora já enviou ofício à Vale e à empresa Novus solicitando os esclarecimentos, no prazo de 15 dias. Além disso, o Ministério Público pediu ao IBAMA a realização de uma perícia no local, e também à Secretaria de Estado do Meio Ambiente, para, com esses dados, poder fazer uma avaliação mais aprofundada do acidente.

Fonte/www.jornalpequeno.com.br/2011

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


− 5 = 4