Publicidade
Página Inicial

Mulher que planejou a morte do marido pra ficar com o amante é condenada a mais de 16 anos de cadeia

24/10/2014 às 10:10 em Polícia

Elizangela 2Açailândia – A mulher identificada como Elisângela Santana de Lima, que planejou a morte do marido pra ficar com o amante, sentou no banco dos réus nesta quinta-feira (23) e foi condenada a mais de 16 anos de cadeia, em regime fechado.

Seu amante, Identificado como João Francisco de Oliveira que se encontra foragido, também foi condenado ao mesmo tempo de reclusão.

O julgamento começou as 8h da manhã da quinta-feira (23) e o veredito só foi anunciado na madrugada dessa sexta (24). A vítima, Inamar Pursino (39) (marido de Elisângela), era funcionário da Motoca de Açailândia.

O crime aconteceu no dia 28 de maio de 2011, durante uma “pescaria” no Rio Pindaré, próximo ao povoado Novo Bacabal. De acordo com os autos, antes de morrer, Inamar Pursino sofreu asfixia, estrangulamento, tiro e pauladas.

Na época do crime, a primeira linha de investigação adotada pela polícia era latrocínio (roubo seguido de morte), hipótese que foi descartada logo em seguida depois dos policiais constatarem que os “algozes” não haviam levado nada da vítima.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


+ 6 = 13