Publicidade
Página Inicial

“Não acredito que o SINTRASEMA oriente seus sócios a descumprir uma decisão judicial”, diz procurador

21/02/2019 às 16:19 em Sem categoria

Dr. Saulo Vieira (Procurador-geral do Município de Açailandia)

Após a notificação do SINTRASEMA – Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Açailândia na manhão desta quinta-feira (21), sobre a decisão que pôs fim na greve dos professores em Açailândia, o procurador-geral do Município, advogado Saulo Vieira, disse que não acredita que o sindicato dos professores, através de sua assessoria jurídica irá orientar seus sócios a descumprir a decisão judicial, pois segundo ele “decisão judicial tem que ser cumprida”.

Veja o que escreveu o jurista. “Não acredito, sob nenhuma hipótese, que o sindicato irá orientar os professores a manter a greve. Decisões judiciais tem de ser cumpridas, sob pena de violação ao Estado Democrático de Direito. Eventual desobediência às ordens emanadas do Poder Judiciário ocasionam ruptura da ordem social. O SINTRASEMA possui uma banca de advogados e, certamente, estes irão dar a melhor assessoria jurídica ao presidente Melo, no sentido de que a decisão liminar proferida seja cumprida.”

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


7 + 2 =