Publicidade
Página Inicial

Ondulação na pista teria provocado capotamento que matou o empresário João Silva

25/08/2012 às 15:55 em Polícia
O Corpo do empresário deverá chegar á Açailandia nas próximas horas!

Açailandia – O empresário maranhense do ramo madeireiro João Silva (37), que recentemente expandiu seu negócio para Roraima, mais precisamente no Município de Rorainópolis no sul do Estado, morreu no final da tarde desta sexta-feira 24/08, vítima de um acidente de trânsito com seu carro Gol, preto.

O acidente aconteceu na BR-174 entre as vilas do Jundiá e Equador. O veículo ficou desgovernado, saiu da pista e capotou várias vezes.


Conforme a Folha foi informada por uma fonte da Polícia Civil de Rorainópolis que investiga o caso, além do empresário, estava no veículo o amigo e sócio dele, Yssam Lima Awad, que sobreviveu.
Yssam encontra-se sob cuidados médicos no hospital daquele município. João Silva ainda foi removido ao hospital de Rorainópolis, mas já teria chegado sem vida.

Ainda de acordo com a informação policial, o carro era dirigido pelo Yssam Lima, que teria perdido o controle do veículo quando saia da ponte sobre o rio Branquinho.
A Folha apurou que no meio da ponte tem um declive o que pode ter contribuído para a fatalidade, já que a informação é de que o motorista não era acostumado a dirigir naquele trecho.

Consta ainda que João Silva voltava da cidade de Manaus (AM) onde havia fechado um negócio. O empresário tinha saído de Rorainópolis pela manhã.
Um amigo dele conversou com a Folha e lamentou o acontecido, disse que João Silva morava no Maranhão, mas sempre vinha a Roraima para tratar de seus negócios.

O corpo do empresário foi removido à noite ao Instituto de Medicina Legal (IML) em Boa Vista, para realização do exame cadavérico e será liberado para a família.
Um familiar do empresário esteve ontem ainda à noite no instituto e está providenciado a liberação do corpo que será transladado para o Maranhão, onde acontecerá o sepultamento. 
Fonte/interjornal.com.br 
Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


7 − = 6