Publicidade
Página Inicial

Operação Estiva: PF/PI recebe carreta roubada no Maranhão

16/04/2011 às 10:26 em Sem categoria

carreta apreendida em Presidente Dutra/MA.
Um caminhão apreendido em Presidente Dutra/MA chegou por volta das 16h desta sexta-feira (15) na superintendência da Polícia Federal no Piauí. 
O veículo e a carga teriam sido roubados pela quadrilha desbaratada pela Operação Estivas, que prendeu 15 pessoas em seis estados brasileiros.
A carreta tem placa de Fortaleza/CE (AAL-3521) e está lotada de caixas. A própria Polícia Federal ainda não sabe a quantidade de produtos apreendida. 
Nos fundos, é possível ver caixas de forno micro-ondas da marca Brastemp. Viaturas fizeram a escolta a Teresina.

O veículo branco tem marcas de adesivos que foram arrancados. A PF afirma saber de onde é a carga roubada, mas não revelou tal informação. O Cidadeverde.com conseguiu identificar a palavra “Cometa” pintada com tinta branca, em uma provável tentativa para despistar a procedência da carga roubada.
Por falta de espaço no estacionamento da superintendência, a carreta deverá ser levada para o depósito de apreendidos, no Morro da Esperança, zona Norte. Um outro caminhão apreendido, desta vez no Pará, também é aguardado em Teresina, mas sem horário previsto para chegar.
Flagrante de um dos presos na operação Estiva.

Pouco depois da chegada do veículo, um homem entrou algemado na sede da PF, que não informou seu nome. O acusado também veio de Presidente Dutra e estava com o caminhão no momento da abordagem policial.

Depois de tomado depoimento, ele e os outros presos serão levados para o Instituto Médico Legal, onde serão submetidos a exame de corpo de delito. Como os agentes penitenciários estão em greve, os acusados podem ficar na PF/PI ou serem transferidos para Floriano.
O delegado José Olegário Nunes informou que outras sete pessoas presas ainda devem chegar a Teresina para prestarem esclarecimentos – duas são esperadas na noite desta sexta. 
Dos presos, agora nove estão no Piauí e os demais no Pará, São Paulo e Ceará, de onde é maior parte dos envolvidos no esquema. Quatro são piauienses. Empresários e acusados de roubo estão no grupo.
Dos presos, quatro foram detidos em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e não poderão ser soltos, mesmo após terminado o prazo da prisão decretada pela Justiça. Dos 18 mandados, restam três a serem cumpridos.
A Operação Estiva foi deflagrada para desbaratar uma quadrilha especialidada em roubo de cargas. Os bandidos fingiam realizar blitz para apreender os caminhões. Em seguida, falsificavam os documentos e revendiam os produtos roubados. 
O prejuízo estimado no golpe é de R$ 5 milhões. O braço do grupo responsável pelos assaltos ficava no Piauí.

Fonte/http://www.luiscardoso.com.br
 Foto: Thiago Amaral

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


9 − = 6