Publicidade
Página Inicial

Pr. Fábio Rocha, irmão do vice-prefeito de Imperatriz vende a mesma fazenda para duas pessoas diferentes

12/12/2019 às 20:00 em Geral

Após “rolo”, o “pastor fazendeiro” se desespera e usando de violência toma as terras de um dos compradores, empresário Luis de Lima, de Açailandia!

Na manhã desta quinta-feira (12), um empresário de Açailândia de nome Luís de Lima, procurou o titular deste blog para denunciar um pastor de Imperatriz e grande fazendeiro no Estado do Pará, identificado como Fábio Nunes Rocha (irmão do vice-prefeito de Imperatriz, Alex Rocha).

De acordo com informações repassadas ao Blog do Antônio Marcos pelo Sr. Luís de Lima, no dia 29 de agosto de 2018, o Pr. Fábio Rocha vendeu para o Sr. Luís de Lima os imóveis: Fazenda Canaã, que está em nome de seu filho, Vítor Heringer Rocha, Fazenda Vale do Jaboque, que está em nome de Claudilene Lacerda dos Santos (esposa deste) e Fazenda Cristo Rei, em nome de Andrea Sathler Heringer Rocha, filha dele (Fábio).

Ainda segundo o empresário, após um desentendimento por conta da forma de pagamento, no dia 10 de julho de 2019, 08 (oito) homens fortemente armados, acompanhados pelo Pastor Fábio Rocha, retiraram da propriedade, “a força”, o caseiro que o comprador, Sr. Luís de Lima havia contratado para cuidar das fazendas.

No dia 11 de novembro do ano em curso, o Sr. Luís de lima tentou reaver os imóveis, levando trabalhadores desarmados ao local, mas estes foram retirado no dia seguinte pelo Delegado de Polícia Civil da cidade de Dom Eliseu/PA, onde ficam as “famigeradas terras”, objeto de toda confusão.

Embora este não seja procedimento padrão da Polícia Civil, que normalmente não se envolve em questões referentes à venda de imóveis, o Delegado de Polícia de Dom Eliseu /PA, que por mera coincidência é natural de Imperatriz/MA (onde reside Fábio Rocha), justificou sua ação dizendo que houve uma denúncia de que o imóvel fora invadido e que o mesmo pertencia ao Sr. Antônio Carlos Del Castilho, que seria um segundo comprador.

Consultados pelo Blog, juristas informaram que nesse caso deveria o suposto comprador mover uma ação judicial de reintegração de posse e que só através de uma determinação judicial, poderia reaver o imóvel.

Inconformado com a situação que além de muitos transtornos, vem lhe causando prejuízos incalculáveis, o Sr. Luís de Lima disse ao titular desta página que irá mover uma ação judicial para reaver o imóvel, caminho que o Pastor Fábio Rocha deveria ter tomado, já que é um “homem de Deus” que prega a lei, ou que pelo menos deveria fazer.

Disse ainda que irá comunicar o fato ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), para que este se manifeste sobre a venda dos imóveis adquiridos através do programa TERRA LEGAL.

O Blog tentou contato com o pastor para ouvir sua versão sobre o fato, mas sem sucesso.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


− 2 = 2