Publicidade
Página Inicial

Pref. Léo Cunha pretende “torrar” quase R$ 350 Mil com locação de brinquedos e máquinas de fazer pipoca e algodão doce

24/01/2022 às 08:45 em Sem categoria

Dona da empresa é esposa do Diretor de Cultura do município de Estreito e irmã de vereador, aliado do prefeito. Mesmo com capital social de apenas R$ 4.000,00 (quarto mil reais), empresa ganhou uma licitação de quase R$ 350,000,00 (trezentos e cinquenta mil reais).

Em uma ligeira olhada no Portal da Transferência, o titular deste noticioso (Blog do Antônio Marcos) se debruçou sobre fortes indícios de mais uma “farra” com o dinheiro público, em Estreito/MA.

No Portal da Transparência consta a contratação, através de licitação via pregão eletrônico, de uma empresa, inscrita no CNPJ: 35.042.128/0001-00), que tem como titular, a Sra. Jandira da Silva Nunes.

A empresa de Jandira que declarou capital social de R$ 4.000,00 (quatro mil reais), venceu uma licitação de R$ 346.250,00 (trezentos e quarenta e seis mil e duzentos e cinquenta reais) para os serviços de locação de brinquedos, pipoqueira e máquina de fazer algodão doce, pra atender os eventos promovidos pela prefeitura. Contrato tem vigência de 12 meses.

O curioso é que a ganhadora da licitação, Sra. Jandira Nunes, além de ser esposa de Cristiano Paixão Pereira Sobrinho (Diretor do Departamento de Cultura da Secretaria de Educação de Estreito), é quem administra os brinquedos, quando a empresa é contratada para eventos na cidade. Jandira é irmã do Vereador Hydelmiran Souza Nunes, que já ocupou os cargos de secretário de esporte e turismo, na gestão de Léo Cunha, a quem defende com “unhas e dentes”. Diante de tais evidências, surge uma pergunta que não quer calar: Será que tudo isso é coincidência?

Para que se tenha uma idéia, dividindo o montante de R$ 346.250,00 (trezentos e quarenta e seis mil e duzentos e cinquenta reais) em 12 vezes, a fatura é de simplesmente R$ 28.854,16 (vinte e oito mil, oitocentos e cinquenta e quatro reais e dezesseis centavos), por mês.
Se fosse comprar os equipamentos:
✓ Máquina de algodão doce profissional R$ 1.000,00;

✓ Pipoqueira profissional R$ 1.500,00;

✓ Pula pula + piscina de bolinhas R$ 2.800,00;

✓ Escorregador inflável, gigante R$10.000,00 (dez mil reais).

Tudo daria R$ 15.300,00 (quinze mil e trezentos reais),
08 seja, com pouco mais da metade da parcela do mês, dá para comprar todos os principais equipamentos e usar durante toda a gestão.

A denúncia já se encontra no ministério público, que deverá apurar tais coincidências.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


6 + 4 =