Publicidade
Página Inicial

Prefeito Assis Ramos vai a PGR denunciar vazamento de ‘documentos sigilosos’ no MPE de Imperatriz

19/11/2020 às 06:00 em Sem categoria

Nesta quarta-feira (19), o prefeito reeleito de Imperatriz, Assis Ramos (DEMOCRATAS), foi a Procuradoria Geral de Justiça (PGR) em São Luís, denunciar e pedir esclarecimentos sobre vazamento de documentos sigilosos (peças de processo em seu desfavor), no Ministério Público Eleitoral do Maranhão (MPE), em Imperatriz.

Assis foi recebido pelo Procurador Geral de Justiça, Dr. Eduardo Nicolau. Ramos pediu ao procurador, esclarecimentos sobre vazamento de documentos que deveriam ser sigilosos, oriundos do Ministério Público Eleitoral (MPE).

Tais documentos foram expostos às vésperas das eleições. O objetivo, segundo o gestor era fazer com que ele perdesse as eleições, o que não deu certo.

O ocorrido trouxe prejuízo ao então candidato Assis Ramos, que assim como seus munícipes e eleitores, foi pego de surpresa.

Nicolau garantiu à apuração imediata do fato, que é no mínimo estranho.

Ensejando o momento, o prefeito foi também ao Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão, onde protocolou denúncia contra dois policiais militares, que durante a campanha eleitoral teriam cometido crime de calúnia, difamação e injúria contra ele (Assis).

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


1 + 5 =