Publicidade
Página Inicial

Pref. de Açailândia participa da Cavalgada do SINPRA com serviços de limpeza, emergência e fiscalização

07/08/2018 às 14:28 em Geral

A Prefeitura de Açailândia participou da tradicional cavalgada do SINPRA com serviços de limpeza, emergência, fiscalização e segurança no trânsito!

WhatsApp_Image_2018-08-06_at_14.48.47Uma multidão se formou nas ruas de Açailândia, para acompanhar os milhares de cavaleiros e amazonas, que desfilaram pelas principais ruas da “Cidade do Ferro” na 22ª Edição da Cavalgada de abertura da 9ª.  Exposição Agropecuária de Açailândia.

O evento agropecuário, vem demonstrando a força da tradição nordestina que se mantêm de pé, ano após ano. A cada edição vez ganhando mais estrutura e parceria no município atraindo participantes de outros municípios da região tocantina, gerando emprego informal, negócios, além de fomentar a economia do município.

A Cavalgada que neste ano, foi considerada a mais ordeira e organizada, partiu às 09h00, do ponto de concentração dos participantes todos os anos no bairro Getat-(Caixa D’água), na manhã de sábado,4, e percorreu um longo trajeto próximo pelo centro da cidade, pegando a BR-222  até o Parque de Exposição José Egídio Quintal Filho onde teve o encerramento com muita festa e churrasco.

Destaque para as amazonas porta-bandeiras, para o organizador do evento Paulo Lira, presidente do SINPRA, quando solicitou apoio ás autoridades competentes do município objetivando garantir a segurança dos participantes, bem como a ordem durante o percurso e nos dias de exposição.

Cita-se na parceria: Ministério Público, Prefeitura Municipal que apoia o evento através das Secretarias de Meio Ambiente; Infraestrutura; Saúde, SAMU- \Serviço de Atendimento Móvel de Urgência; DMT- Departamento Municipal de Trânsito; UVZ- Unidade de Vigilância em Zoonoses; Cavalaria da Polícia Militar que auxiliou ano controle da cavalgada pelas ruas da cidade, bem como a equipe do Corpo-de Bombeiros e Polícia Rodoviária Federal.

Na quinta-feira, 2 que antecedeu ao dia da cavalgada, uma reunião foi realizada na sede da Promotoria Pública, reivindicada pelo Presidente do SINPRA, Paulo Lira, informando e pedindo apoio à realização Da 22ª. Cavalgada da 9ª. EXPOAÇAIÂNDIA, onde depois debaterem acordo, o Ministério Público através da Promotora de Justiça, titular da 3ª. Promotoria Especializada de Açailândia, Dra. Letícia Teresa Salles Freire, expediu Recomendação n. 01/2018 e convidou os participantes a presenciar a leitura da Recomendação e explicação de alguns pontos como a necessidade de cadastramento dos animais e montadores durante o evento, assim como a necessidade de autorização oriunda da Secretaria de Meio Ambiente (SEMMA) para funcionamento dos carros-de-som e demais veículos de apoio, adequação do trajeto, utilização de comunicação social com as regras da cavalgada.

Foi explicado ainda aos organizadores, a necessidade de apresentação dos veículos e cadastros para expedição de licença que após sua confecção, comunicada às autoridades policiais, DMT, Corpo-de-Bombeiros, Unidade de Vigilância em Zoonoses e Ministério Público.

Fazendo a sua parte, A prefeitura Municipal de Açailândia, através do prefeito Juscelino Oliveira, determinou as secretarias citadas a apoiar e envolvidas no evento para que cumprissem pedido do Ministério Público, a darem total apoio, cobertura e apoio logístico ao evento que só divulga, promove e enaltece o município, além de movimentar a economia do município durante os oito dias de exposição.

De acordo com Sininger Vidal, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, neste evento atende a Resolução n. 001/2018 do Conselho Municipal do Meio Ambiente que regulamenta as cavalgadas no município, expondo as regras para que este certame possa ser realizado. “As pessoas que gostam de se divertirem de forma sadia, amigavelmente, que amam Açailândia, que gostam de cavalgada, tem que respeitar as regras e os limites. Por Outro lado a nossa função é fiscalizar o evento quando se tratando de carros com “som-automotivo”; maus-tratos a animais, excesso de peso sobre os animais, além de outras partes relacionadas a degradação ao meio ambiente. Por conta desta fiscalização, o evento ocorreu de forma ordeira, organizada, civilizadamente e sem nenhuma ocorrência e o resultado foi comprovado com o sucesso do evento”, disse Sininger Vidal.

O Departamento Municipal de Trânsito –DMT- Por sua vez teve participação fundamental em todo o trajeto da cavalgada, onde ficou responsável em manter a ordem do trânsito durante todo o trajeto, isolando ruas por onde a cavalaria passava, evitando acidentes de trânsito, além de autuar alguns condutores que não portavam os itens de segurança, a exemplo do cinto de segurança, capacete, excesso de pessoas nos veículos e excesso de velocidade.

Já o advogado Saulo Gigante que cumpriu uma determinação do Ministério Público e como de praxe, todos os anos o DMT cede o devido apoio logístico no que diz respeito a ordem e segurança no trânsito, protegendo cavaleiros, amazonas e animais de qualquer tipo de acidentes, além de fazer autos de infrações. “Procedemos as nossas fiscalizações para manter a ordem do evento, fazendo bloqueio de vias, abordando motociclistas que não portavam capacetes, condutores de veículos sem o cinto de segurança; excesso de pessoas no compartimento de carga, além de outras” , explicou Saulo Gigante.

A Unidade de Controle de Zoonoses – UVZ, participou do evento fiscalizando durante o trajeto casso ocorresse algum tipo de maus-tratos aos animais, além do excesso de peso e de que forma os animais estavam sendo conduzido. “Cumprimos uma determinação do Ministério Público e Graças a Deus e a forma como realizamos o nosso trabalho, não foi registrado nenhuma ocorrência nesse sentido. Fizemos apenas a apreensão de um jumento que estava circulando às soltas no local da concentração da cavalgada> Ele foi conduzido para a UVZ, onde está aguardando a reclamação e recolhimento do proprietário”, ponderou Odacy Miranda, Diretor da UVZ.

O Serviço de Atendimento Móvel Urgência – SAMU – esteve participando do evento   com uma ambulância e socorristas a postos para atender qualquer tipo de eventualidade e acidentes. O mesmo ocorreu com a equipe do Corpo-de-Bombeiros, além da Polícia Rodoviária Federal que cumpriu a mesma determinação do Ministério Público fazendo suas vezes na BR-222, rodovia onde passou a cavalgada e controlou o trânsito.

ASCOM-PMA

Redação: Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


3 − 2 =