Publicidade
Página Inicial

Prefeitura Municipal de Açailândia realiza IV Conferência dos Direitos do Idoso

01/03/2019 às 08:26 em Geral

A conferência teve como tema: “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”!

A 4ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa foi aberta na manhã desta quarta-feira (27) no CRAI – Centro de Referência e Atendimento ao Idoso de Açailândia, localizado no Jardim de Alah. Com o tema “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”, o evento segue com palestra magna, debates e elaboração de propostas durante todo o dia.

A realização é da Prefeitura de Açailândia e estruturada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social e Conselho Municipal de Saúde. Na mesa de honra estava a secretária de Assistência Social Josélia Santos representando o prefeito Juscelino Oliveira, Dra Samila Rayane Leal de Carvalho, representando o (CMDIA) e a OAB/Açailândia, enfermeira Vilma (Saúde), Fátima do Vale (INSS), professora Ivaneide (SEMED), o casal de idosos Raimundo Marques e Antônia Alves dos Santos e Jane Maria Moraes, coordenadora do CRAI.

O evento teve início com credenciamento dos participantes, apresentação cultural do Coral da Melhor Idade, além de palestras ministradas pelas assistentes sociais Fátima do Vale (INSS), que falou sobre o envelhecimento e direitos do idoso, e Ângela Márcia (SEMAS) que discorreu sobre o tema da Conferência, políticas públicas e explanou ainda os eixos temáticos. A ênfase maior foi dada ao tema central da conferência, a qualidade de vida e o combate à violência contra os idosos.

Dra. Samila Rayane Leal de Carvalho – presidente do Conselho Municipal da Pessoa Idosa e representante da OAB/Açailândia – palestrou sobre o painel temático: esclarecer e difundir o aspecto conceitual, estratégico, político e operacional da intersetoriedade na execução da Política da Pessoa Idosa. Ela destacou a ampla participação dos idosos no evento, fundamental para o direcionamento das melhorias ao atendimento do público-alvo e para a garantia dos direitos gerais. “É um momento extremamente importante e daqui saem propostas que vão embasar definições na Conferência Estadual e, depois, na Nacional, além de ser um momento para se avaliar a efetividade das ações em execução”, disse.

De acordo com a secretária de Assistência Social e primeira-dama – Josélia Santos, a ação é como um “braço” para estas garantias. “Estamos prestigiando a construção das tratativas para melhorar a vida das pessoas da melhor idade. É fundamental a participação efetiva de cada parcela que compõe a conferência. A administração municipal tem olhado com muito carinho e empenho para os idosos da nossa cidade. Exemplo maior é o CRAI que está sempre de portas abertas, realizando várias atividades na área da saúde, entretenimento lazer, diversão, além da terapia ocupacional”, destacou.

ASCOM/PMA

Por Antônio Maria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


6 + 4 =