Publicidade
Página Inicial

Preso em Açailândia acusado de matar a advogada Geysa Pires

02/02/2012 às 09:23 em Sem categoria
AÇAILÂNDIATiago de Sousa, preso em Açailândia na madrugada desta quarta-feira (01/02) é acusado de ter matado a advogada Geysa Rocha Pires, no dia 20 de novembro do ano passado, foi preso, na madrugada desta quarta-feira, em uma ação conjunta da Superintendência de Polícia Civil da Capital com a Superintendência de Polícia Civil do Interior. 
“A prisão temporária por latrocínio já havia sido convertida em prisão preventiva. Ele já está sendo trazido para São Luís, para ser interrogado, na Delegacia de Roubos e Furtos”, afirmou Sebastião Uchôa, superintendente de Polícia Civil da Capital. 
Geyza Rocha Pires foi assassinada, de acordo com as investigações, por Thiago de Sousa, namorado de Vanessa Matos, de 26 anos, que também teria participação no crime. Ele estava foragido. 
O assassino, que também teria mantido um relacionamento afetivo com a vítima, foi reconhecido em imagens de um circuito externo de TV, instalado em uma casa vizinha à da advogada, no Olho d´Água, nas quais ele aparece com Vanessa, seguindo Geysa em um veículo prata (de placa NXE-7030). 

O automóvel da advogada foi localizado na cidade de Teresina, no Piauí. O veículo estava com Paulo Henrique Rego Rodrigues, o “Paulinho Rego”, de 26 anos, que foi preso por receptação indevida, mas liberado em seguida pela Justiça piauiense, após pagar fiança de um salário mínimo (R$ 545). 

A prisão ocorreu após uma denúncia feita ao serviço Disque-Denúncia, que funciona por meio dos telefones (98) 3223-5800 (capital) e 0300-313-5800 (interior). 

Fonte/Imirante.
Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


5 − = 1