Publicidade
Página Inicial

Reunião discute inauguração da Galeria de Artes Plásticas Luís Brasília

24/09/2019 às 06:15 em Geral

Novos espaços culturais serão inaugurados no mês de outubro

Reunião definiu últimos acertos a respeito da criação de dois espaços voltados às artes. (Foto: Rafael Pestana)

Na manhã desta segunda-feira, 23, a Prefeitura, por intermédio da Fundação Cultural de Imperatriz, FCI, realizou uma reunião com artista plásticos da região. O encontro teve como objetivo planejar a inauguração de duas galerias de artes plásticas e visuais na cidade. A primeira, de responsabilidade do município e com sede nas dependências da FCI, batizada por escolha dos artistas em homenagem in-memoriam, ao produtor Luís Brasília.

A galeria municipal será aberta ao público para a exposição e comercialização de obras de artistas plásticos e escultores de Imperatriz e região, e deve ser inaugurada ainda no mês de outubro. O evento de abertura da galeria contará com uma exposição voltada para obras inspiradas no repertório musical do cantor gaúcho, Nelson Gonçalves, que se vivo, em 2019 completaria seu centenário.

O presidente da Fundação Cultural, José Carneiro Buzuca, destaca “que essa é uma ação muito importante para a valorização dos artistas plásticos e escultores locais e para fomentar a cultura na cidade, um dos compromissos da gestão Assis Ramos. Também ressalto que estaremos buscando recursos, por meio dos editais culturais do município, para garantir mais incentivo aos nossos artistas”.

A Galeria de Artes Plásticas Luís Brasília contará com excursões escolares programadas, visitas guiadas pelos próprios artistas plásticos, que se revezarão entre os dias de exposição, para que os alunos de escolas públicas e particulares tenham acesso às histórias e inspirações por trás de cada obra de arte. Além dos estudantes, as visitas também serão abertas ao público em geral, para democratizar o acesso à cultura e garantir uma maior proximidade do público com os artistas.

A segunda galeria é iniciativa da empresária agropecuária Érika Lira com apoio da Fundação Cultural. A Galeria de Artes Olindo Chaves, em homenagem póstuma ao pai da empresária, também será aberta ao público, para exposição e comercialização de obras de artistas plásticos imperatrizenses. A galeria será inaugurada em 31 de outubro e terá em sua primeira exposição 15 obras com a junção das temáticas do campo, paisagismo e indústrias de Imperatriz.

De acordo com o Coordenador de Difusão Cultural da FCI, Axel Britto, “as duas galerias irão impulsionar tanto a divulgação e valorização das obras e dos nossos artistas locais, quanto no fomento do próprio consumo de cultura. Os dois espaços contribuirão para o contemplativo do belo do campo e da nossa cidade”. As exposições terão em média 30 dias de duração e os frequentadores poderão, além de apreciar as obras expostas, adquirir as que forem de seu agrado.

Da Assessoria   

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


9 − 2 =