Publicidade
Página Inicial

Reviravolta no caso do “suposto poço” perfurado pelo SAAE de Açailândia em propriedade particular

22/02/2021 às 00:40 em Sem categoria

Informações obtidas com exclusividade pelo Blog do Antônio Marcos, dão conta de que o Ministério Público do Estado do Maranhão (MPMA) pediu à Justiça na última sexta-feira (19), através da promotora, Glauce Mara Lima Malheiros, após provocação da parte interessada, a substituição do pólo passivo da ação cautelar de busca e apreensão de máquinas de perfuração de poço artesiano de propriedade do Serviço Autônomo de Água e Esgotos (SAAE), de Açailândia.

Entenda o caso:

Após denúncia anônima ter levado ao Ministério Público a informação de que funcionários do SAAE estariam perfurando um poço artesiano com o maquinário da própria autarquia municipal em uma propriedade rural particular, a proprietária da fazenda apontada como beneficiaria do poço, representada pelo seu advogado, Dr. Saulo Roberto Oliveira Vieira, apresentou ao Ministério Público, documentos, provando que o poço não havia sido perfurado na Fazenda Cida, conforme narrado na denúncia.

Deixam de integrar o processo, a partir dessa reviravolta, a Srª Maria Cidina Lopes da Silva e a pessoa jurídica M C L Da Silva Móveis (CIDA MÓVEIS), passando a ser alvo da ação do Ministério Público a real proprietária do imóvel beneficiado, Sra. Maria dos Santos Silva (Dona Sônia), cujas declarações já foram prestadas ao Ministério Público e lavadas ao conhecimento do Poder Judiciário (Processo nº 0800548-38.2021.8.10.0022).

Indagado a respeito do caso, o advogado Dr. Saulo Vieira, disse ao Blog: “Infelizmente tratou-se de um episódio lamentável, que trouxe alguns dissabores à minha cliente e ao seu esposo, bem como aos seus familiares. Tudo pelo fato de que, da noite para o dia, pessoas honestas passaram a ser vistas como se estivessem envolvidas em algo que não fosse lícito. E com isso, não faço nenhum juízo de valor a respeito do mérito da ação e das pessoas envolvidas, cabendo a cada um a sua defesa dentro do processo. Espero que aqueles que batem à porta do Ministério Público com alguma denúncia, sejam mais responsáveis da próxima vez, pois afinal de contas, a vida privada e a honradez das pessoas estão em jogo em situações como esta.”

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


9 − = 5