Publicidade
Página Inicial

Soldados do exército são acusados de aliciar menores e população se revolta e interdita BR-222 em Buriticupu

21/08/2013 às 12:21 em Polícia

Por maiconsousa.com

998084_635500869817184_101425252_n (1)Buriticupu – Na manhã desta quarta feira (21) centenas de moradores do município de Buriticupu realizaram manifestação contra os soldados do exército que se encontram a trinta e dois dias na cidade. Ocorre que os soldados que deveriam garantir a segurança dos populares, segundo os moradores estão aliciando menores.

Os soldados estão hospedados no IFMA de Buriticupu, o local possui uma piscina onde segundo moradores os homens do exército tomam banho de cueca sem se importar com a presença de alunas e alunos. 

Segundo a população o abuso de poder por parte dos soldados é algo que causa repúdio. Um aluno que estuda no IFMA afirmou que eles não usam a piscina nem mesmo para atividades físicas, porém os policiais a usam para farras.

Segundo o blogueiro Maicon Sousa, o mesmo adquiriu com exclusividade o vídeo de um soldado abusando de uma menor de 14 anos, evangélica, dentro de uma serralheria. Ao perceberem que estavam sendo filmados cabos do exercito começaram a correr e outras adolescentes saíram do local.

560518_4595722390126_1472218434_nOs moradores afirmam que a audácia dos soldados é tanta que chamam todas as mulheres do município de raparigas. “Eles dizem que aqui não tem homens, afirmam que nunca viram tanta pu.. como em Buriticupu. É uma vergonha, é um escândalo, como eles andam sempre com armas em punho totalmente carregadas dizem que na cidade não tem homem, que somos covardes, safados e nos chamam até de bandos de cachorro de cornos sem vergonha” afirma Eduardo, morador de Buriticupu.

Os moradores estão vivendo com medo e sobre pressão, os assaltos continuam. Pontos de drogas continuam vendendo entorpecentes, os soldados se limitam apenas a interditar  serralherias.

“Eles saem pelas ruas só de sunga, mostrando o corpo sem camisa. Seduzem as mulheres aliciam as adolescentes e levam para o local onde estão hospedados” afirma .

Manifestação Contra o Exercito

Não suportando a situação, centenas de moradores do município foram as ruas protestar contra a forma como vem atuando o exército na cidade.

582258_465325936908489_1392943075_nA manifestação teve inicio as 9:00 da manhã desta quarta feira (21), os populares exibiam faixas com os seguintes dizeres: Dilma: venha ver o exército estuprando nossas crianças”, “Nossos filhos merecem respeito” e ” Não a pedofilia”.

Alunos da instituição onde os soldados estão hospedados, IFMA, também fizeram parte do movimento e exibiam faixas com as seguintes afirmações: “O IFMA não é cabaré” e “Chega de abuso sexual”.

Comerciantes de Buriticupu fecharam seus estabelecimentos e foram participar do movimento. A BR 222 foi interditada pelos manifestantes, pneus e “toras” de madeira foram colocadas no fogo, um grande congestionamento foi formado em toda a rodovia.

Toda a manifestação ocorre de forma pacifica, soldados do exército se dirigiram para onde se encontrava os manifestantes na tentativa de sufocar o movimento e intimidar os participantes, porém foram forçados a recuar pela população. O Blog procurou o comandante da guarnição para falar sobre as acusações, mas o mesmo não foi encontrado. A manifestação continua e deverá se prolongar por todo o dia.

Matéria corrigida em (21/08/2013)

Às 23h29min

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

9 Comentários para 'Soldados do exército são acusados de aliciar menores e população se revolta e interdita BR-222 em Buriticupu'

  1. Nao acho que essessoldados sao culpados pir alguma coisa ate pq eles nao obrigam ninguém a pular muros ou ficar com eles!
    Essas menuninhas e que sao atirada e nao podem ver um macho que endoidam!

    jessiane

    21/08/2013 às 15:10

  2. São todos pais hipocritas, duvido se alguma MENOR foi tirada a força de suas casas pra serem estrupadas.

    Lucia

    21/08/2013 às 15:44

  3. Desculpe-me pela sinceridade!
    Duvido se alguma destas adolescentes sabem fazer uma comida ou lavar uma peça de roupa bem lavada. Sabe, não! Se as mães as colocassem para trabalhar nos afazeres de casa não sobraria tempo pra isto. As mães preferem manterem as casas desarrumadas ou mesmo arrumar quando após chegar do trabalho do que ensinar ou impôr obrigações as filhas quanto a estas tarefas. Portanto elas não tem domínios obrigações, vão fazer o que não deve.
    Eu, faço minhas as palavras da Lúcia (comentário acima)

    Raimunda de Sousa

    21/08/2013 às 16:51

  4. Vergonha!!!! novamente Buriticupu vai sair nos noticiários das 8, por causa de baderneiros financiados por madeireiros incomodados com a presença do IBAMA.
    Os soldados não tem culpa da falta de vergonha de algumas piriguetes,eram elas que estavam atacando os militares. Quando ao fechamento dos comércios, um carro de som estava anunciando que os manifestantes iriam invadir, e não por aderirem a baderna, já que a maioria nos manifestantes esta bêbado. Se existe o vídeo porque deixaram os culpados embora? porque não fizeram a denuncia antes, e se o juiz sabia porque não tomou as devidas providencias, será que a mãe já procurou o Conselho Tutelar a fim de constatar o estupro

    LAMENTAVEL

    21/08/2013 às 17:23

  5. Na verdade, todo esse movimento é por motivo da nao retirada de madeira que o exercito e o Ibama vem fazendo em Buriticupu. E toda essa baderna esta senda patrocinada pela classe.

    jj

    21/08/2013 às 22:07

  6. Noticias como essa nos deixam constrangidos e humilhado, a instituição que deve promover ordem e organizar e o caus, agora é a causadora de atos tao nojentos, mais ainda me cabe fazer uma pergunta onde estão os administradores dessa cidade, buriticupu é um lugar muito sofrido, essa cidade por se só já tem mazelas e dificuldades a ser enfrentada, sem ser necessário que venha mais isso. Por mais que se diga que os atos praticados foram consentidos é inaceitável isso.

    VERGONHA

    21/08/2013 às 23:31

  7. muito bém,,,essa vai para vcs meninas que nucar na vida de vcs viram homes,tenha vergonha na cara de vcs ,procure o que fazer por que se não vão trabalhar a força cuidando do monte de soldadinhos,isso e uma grande vergonha para todos nos ,,essas vadias vai pular muro se esconder dentro dos martos atras deles ,,e só quem pegar a culpa e eles ,,eles são errados claro.mas elas e muito mas sabem elas que não tem futuro cm nem um deles ,,que mãe tem orgulho de ter umas filhas assim como vcs,,e uma decepção ,quando estiver todas com a barriga no per da guela ai sim vai saber o que e bom pra tosse.tudo q acontecer so botam culpa nos homes mas vamos analizar q nem todas mulheres mas a maioria de buriti e muito safada e taradas ..vão se estrepar em sima de uma fuquia pra marta o forgo de vcs ,,Ó então vão la pro OCEANO atlantico,,,la e muito gelado tenho cemteza que vai apagar o fogor de vcs ,,,,,

    cleunice nascimento

    22/08/2013 às 00:21

  8. Acredito que na verdade esta manifestação foi organizada e patrocinada pelos donos de madeireiras que estão tendo seus negócios com madeira ilegal sendo coibidos pelo Exercito e pelo Ibama.

    Então juntos com os comerciantes locais, inventaram esta historia de abuso de menores e mandaram seus empregados fazer esta manifestação, pra ver se conseguem tirar o exercito desta área e eles voltem a destruir o que ainda resta de madeira na reserva biológica do gurupi. Outra coisa nas fotos aqui postada não se vê estas centenas de pessoas que vc falou no post.

    francisco da silva

    22/08/2013 às 08:50

  9. Na verdade este blog PUBLICOU uma notícia MENTIROSA. Meu caro Antonio Marcos, VOCE NÃO DEVERIA postar tanta hipocrisia, pois, quem repassou as informações pra você está usando de má fé! Vamos as GRANDES MENTIRAS desta publicação. Primeiro, o título já mostra o quanto a notícia é falsa, pois, não foi a população que organizou a baderna, e sim, os madeireiros revoltados com a situação. Segundo, o exército tem feito sim um trabalho de qualidade e deixado um clima de mais calma, segurança e tranquilidade na cidade. Exemplo claro disso é o auxílio dos soldados em vários pontos da cidade justamente para evitar assaltos e outras coisas. Terceiro, Sobre o uso da piscina do IFMA, é mentira com pura intenção de denegrir a imagem dos mesmos, que se mostraram muito educados e respeitadores com todos os cidadãos do nosso município. Exemplo claro é a assiduidade dos soldados nos trabalhos e cultos evangélicos nas igrejas locais. Quarto, drogas sempre foi vendida a solta aqui na cidade, e a polícia sempre ficou parada quanto a isso!!! Já o exército mobilizou rondas frequentes no Bairro 13 e nos demais bairros q são pontos de vendas de entorpecentes e variantes. Dizem isso e aquilo, falar é fácil, já provas não há de concreto sobre os tais vídeos e flagras. Fica muito evidente, que a grande maioria das garotas é que estão se insinuando de forma clara!. E cá pra nós, elas tem muita culpa nisso, pois, homem que é homem NÃO DISPENSA uma gatinha.. kkk. Duvido se esses madeireiros não tem os esqueminhas deles por aí!! Os soldados fazem as atividades físicas de traje adequado, camisa e calção, e não sem camisa como a publicação afirma. E pra finalizar, quero dizer que parabenizo o blog e que são boas às intenções do amigo Antonio Marcos de manter a população informada, mas, se deveria averiguar melhor as informações postadas e recebidas! Pois, com a ausência da verdade não se faz um trabalho de qualidade. Doa a quem doer, a verdade é esta! PARABÉNS AO EXÉRCITO PELO BOM TRABALHO. Vergonha mesmo é os madeireiros tentar barganhar o povo com churrasco, cachaça, cerveja e ainda promover MUITA baderna, atrapalhar o bom andamento do município, querer impor medo à população dizendo q vão atacar os comerciantes e ainda quererem sair como “santos” e por a culpa no Exército Brasileiro, que é uma instituição muito respeitada no nosso país! R. T

    Verdade Absoluta

    22/08/2013 às 10:03

Deixe um comentário


− 6 = 1