Publicidade
Página Inicial

Após ser questionado sobre possível erro, médico da UPA de Estreito “agride paciente” com Covid-19

08/06/2021 às 08:51 em Sem categoria
Dr. José Ricardo Lima Brandão. (Foto: Divulgação)

No município de Estreito não é “o cachorro que come a linguiça, mas a linguiça que come o cachorro”.

Um fato no minino inusitado ocorreu na noite da última quinta-feira (03) na ala de Covid-19 da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) daquele municipio.

Um paciente identificado como Wellington Ribeiro da Costa, que se encontrava internado com Covid-19, diz ter sido agredido pelo médico José Ricardo Lima Brandão, que dar expediente naquela unidade de saúde.

Em áudio divulgado em grupos de WhatsApp, Wellington Costa relata o ocorrido.

Eu estava tentando jantar quando ele chegou já me ameaçando, falando um monte de coisas, alegando que tinha feito o possível por mim, o que contestei, pois dias atrás quando me atendeu, mandou eu ir pra casa. Disse que meus sintomas era de dengue e me receitou apenas dipirona mono-hidratada, soro caseiro e água de coco”.

Ainda de acordo com relatos do paciente, o médico ficou muito irritado e partiu para agressão verbal e física, quando foi chamado de “irresponsável”, por não ter atendido o paciente como deveria. Erro que segundo Wellington, poderia ter lhe custado a vida.

Wellington diz ainda que, quando percebeu que o profissional estava bastante alterado, começou a filmar com o celular, foi quando o mesmo foi pra cima, lhe deu um soco, tomou o celular e saiu correndo para apagar o vídeo, que seria bastante comprometedor. Minutos depois da confusão o celular foi devolvido por uma enfermeira ao paciente, já com o “famigerado vídeo” apagado.

O que causa estranheza é que o médico (suposto agressor), mesmo sendo suspeito da autoria do fato, foi a Delegacia de Policia e registrou um boletim de ocorrência (B. O.) contra Wellington, que foi intimado a comparecer na delegacia nesta quarta feira (09), sob pena de ser conduzido coercitivamente.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


6 − = 2