Publicidade
Página Inicial

Assis Ramos questiona TAM e adverte parlamentares para o risco do “isolamento”

04/02/2017 às 12:00 em Política

AssisO prefeito de Imperatriz Assis Ramos mandou encaminhar, ontem, expediente à diretoria da Latam, questionando a retirada de duas frequências das aeronaves da companhia que fazem Brasília-Imperatriz e Imperatriz Brasília de segunda a sexta-feira.

Segundo o prefeito, pelo movimento de passageiros que se verifica, não se justifica a suspensão dos voos. “Além do que, com apenas um voo por dia, com certeza as passagens vão ficar mais caras e há o risco claro de muita gente ficar sem embarcar, sofrendo prejuízos de várias montas”, salientou.

 Assis Ramos determinou ao Secretário de Governo, Marlon Moura, que encaminhe ofícios aos deputados federais e senadores que têm interesse pela região de Imperatriz, esclarecendo que não é por falta de passageiros que a cidade está perdendo metade dos voos de uma só companhia. “Se temos passageiros em abundância e ainda assim a TAM está tirando os voos, é porque outras cidades, com maior poder de influência política, pode estar reivindicando aumento de suas freqüências. Por isso precisamos, agora, de uma resposta dos nossos representantes”, advertiu.

No ano passado Imperatriz perdeu os voos da Gol que tirou a cidade do seu mapa de operações, e viu a Azul suspender metade de suas frequências, aqui, cortando os trajetos Imperatriz-Belém e Belém-Imperatriz. “A cidade está crescendo, mais negócios chegando e as companhias aéreas, na contramão disso, estão se retirando. Corremos o risco de um isolamento perigoso. É hora de sermos socorridos pelos nossos parlamentares”.

ASCOM/PMI

Foto: Dávila Henrique

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


5 + 4 =