Publicidade
Página Inicial

Desaparecido é encontrado enterrado em “cova raza” e suspeito de ocultar o corpo é preso, em Itinga do Maranhão

29/04/2024 às 20:01 em Sem categoria

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Polícia de Itinga, pertencente a 9ª Delegacia Regional de Açailândia/MA, com apoio da 2ª Companhia de Polícia Militar local, prendeu em flagrante, na tarde desta segunda-feira (29), um homem de iniciais D. O. P., de 29 anos, pelo crime de ocultação de cadáver.

No início da madrugada do dia 11 de abril deste ano, um homem identificado como Diego Rodrigues Nascimento, teria saído de sua residência, no bairro São Sebastião, em Itinga do Maranhão, e desde então desapareceu, não sendo mais visto por familiares e tampouco dado notícias. O desaparecimento da vítima foi comunicada na Delegacia de Polícia Civil do município, que passou a investigar o caso.

Na tarde desta segunda-feira, policiais civis conseguiram descobrir o paradeiro do corpo, que estaria enterrado no quintal de um condomínio na Rua Gurupi, no bairro São Sebastião, naquela cidade. Foi solicitado apoio da guarnição de serviço da Policia Militar e as equipes policiais foram até o local.

No quintal, tomado pelo mato, os policiais observaram que havia uma parte sem vegetação e havia alguns pedaços de madeira por cima, como se estivesse escondendo algo, quando então passaram a escavar.

Durante a escavação, os policiais civis tiveram a informação que o homem que havia enterrado o cadáver morava próximo ao local, que este teria ido na frente do condomínio e em seguida se evadido, correndo para dentro de uma casa. Policiais civis saíram em diligências e conseguiram localizar o homem, que tentou se esconder mas acabou sendo preso.

O homem confessou a autoria do crime e foi levado ao condomínio, apontando que o local que os policiais escavavam seria onde estava o corpo da vítima.

Após escavarem, os policiais encontraram um cadáver do sexo masculino, que foi reconhecido por familiares, principalmente por conta de uma tatuagem, como sendo da vítima desaparecida. O corpo foi remédio e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Imperatriz/MA, onde será submetido a enxames de praxe.

O homem foi conduzido a delegacia de polícia do município, onde foi autuado em flagrante. Em seguida, o autuado foi recolhido à Unidade Prisional de Ressocialização (UPR), de Açailândia, onde permanecerá a disposição da justiça. O crime teria sido motivado pelo tráfico de drogas.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


4 − 3 =