Publicidade
Página Inicial

Diárias de deputados e servidores da AL-MA viram alvo de investigação

17/02/2017 às 08:44 em Política

Inquérito Civil foi aberto pelo MP-MA desde o dia 19 de janeiro deste ano. Investigações estão aos cuidados da promotora Moema Figueiredo.

ALA 30ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa abriu investigação para apurar possível ato de improbidade administrativa praticada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Humberto Coutinho (PDT), com relação aos gastos da Casa com diárias.

Outros deputados estaduais e até mesmo servidores da AL-MA também são alvos da investigação.

AL 2

Segundo a Portaria nº. 01/2017, publicada no Diário Eletrônico do Ministério Público nesta quarta-feira 15, o Inquérito Civil foi aberto desde o dia 19 de janeiro último, com base de denúncias feitas pelo Sindicato dos Servidores da Assembléia Legislativa do Estado do Maranhão (Sindsalem), ainda em novembro do ano passado. As investigações estão aos cuidados da promotora Moema Figueiredo Viana Pereira.

No caso de confirmada as suspeitas levantadas pelo Sindsalem, os denunciados podem responder, inclusive, na esfera penal.

Um cópia do documento foi encaminhado ao chefe da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), promotor Luiz Gonzaga, e ao presidente do Conselho Superior do Ministério Público do Maranhão (CSMP), promotor Carlos Jorge Avelar Silva.

Do Atual7

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


6 − = 5