Publicidade
Página Inicial

Motoristas tiram o ‘direito de ir e vir’ de cadeirantes, em Açailândia…

14/02/2017 às 10:00 em Geral
Cadeirantes 3

Dono do veículo não foi localizado

Na manhã do último sábado (11) enquanto andava pela Av. Tácito de Caldas (rua do campo), no centro comercial de Açailândia, registramos mais um flagrante de violação dos direitos de ‘ir vir’ de cadeirantes.

Um motorista (a) impudente estacionou uma Pick-up Strada por sobre uma rampa especial de acesso para cadeirantes. Lamentavelmente a cena já não é muito difícil de se ver ao andar pelo centro da cidade.

Se não bastasse as grandes empresas não terem estrutura física e pessoas especializadas para atendê-los, os mesmos não tem o mínimo necessário assegurado por lei, o “direito de ir vir”.

Procuramos identificar o dono (a) do veiculo flagrado em cima da rampa, para questionarmos sobre o porquê de ter estacionado em cima da rampa, mas o mesmo não foi localizado.

Na manhã desta segunda-feira (13), durante uma conversa com um cadeirante que temendo represália, prefere não se identificar, ouvimos algumas queixas sobre as dificuldades enfrentadas no dia a dia em Açailândia.

“Eles (motoristas) muitas vezes fingem que não viram a rampa. É preciso ter consciência de que aquele espaço é essencial para algumas pessoas. Não apenas pra nós cadeirantes, mas também idosos e mães com bebês no carrinho. Se aquele espaço é o único que existe, não tem jeito, é preciso andar mais e procurar outro lugar. É melhor perder tempo do que prejudicar alguém, mesmo porque não sabemos o dia de amanhã”, declara o cadeirante.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


7 + 9 =