Publicidade
Página Inicial

MPMA lança campanha de prevenção às drogas em Cidelândia e Brejão

29/08/2017 às 15:09 em Geral

Já são 64 municípios participando do projeto Maranhão na Prevenção às Drogas

MPMA 1Na última sexta-feira, 25, o Ministério Público do Maranhão fez o lançamento da campanha “Maranhão na Prevenção às Drogas” nas cidades de Cidelândia, pela manhã, e São Francisco do Brejão, à tarde.

O projeto já contabiliza 64 municípios participantes, e a meta é que até o fim do ano 100 cidades façam adesão à campanha, que tem como objetivo propor medidas e ações para a prevenção do uso indevido de drogas, além do cuidado, tratamento e reinserção social dos usuários e dependentes.

O “Maranhão na Prevenção às Drogas” é realizado por uma parceria entre instituições que compõem o Comitê Estadual de Prevenção às Drogas, composto pelo Ministério Público do Maranhão, Poder Judiciário Estadual, Poder Legislativo e Polícia Rodoviária Federal, com o apoio do Governo do Maranhão e Federação dos Municípios.

Durante a solenidade, a promotora de justiça Sandra Fagundes esclareceu que também está entre os objetivos da iniciativa a criação e aprovação de leis que criem fundos e conselhos municipais para discutir e fomentar a prevenção às drogas nos municípios. Ela relata que dos 64 municípios participantes até agora, 26 já aprovaram leis que garantem o aparato necessário para dar suporte à campanha.

“Na maioria dos júris que fazemos, os réus estão ali porque se envolveram de alguma forma com drogas. Por isso, é preciso captar recursos e mobilizar ações junto com a sociedade para reverter este quadro”, enfatizou a promotora.

PREVENÇÃO

Na oportunidade, a promotora de justiça mostrou aos jovens e crianças, por meio de slides contendo relatos de pessoas que já utilizaram diversos entorpecentes, os efeitos que as drogas podem causas nos indivíduos. “A droga mata pelo consumo ou pelo envolvimento no mundo do crime. Temos que acabar com esse ciclo e, por isso, devemos trabalhar com educação preventiva”, ressaltou.

O evento contou com o relato pessoal de um ex-dependente químico. Francisco Barbosa da Silva diz que o álcool devastou sua vida. Livre do vício há sete anos, ele contou que, por causa do álcool, bateu cinco carros e vendeu os pertences de casa. O recado que deixa para os jovens é não experimentar pela primeira vez.

“Nunca tenha a curiosidade de experimentar pela primeira vez, porque há grandes chances de você criar um grande vício naquilo. É um mal que pode acabar com a sua vida”, relata Francisco.

EXPANSÃO

Nesta quarta-feira, 30, as promotoras de justiça Cristiane Lago e Sandra Fagundes Garcia, coordenadoras do Projeto Maranhão na Prevenção às Drogas pelo Ministério Público do Maranhão, vão apresentar a campanha em uma audiência pública no Comitê Externo de Prevenção às Drogas na Câmara dos Deputados, em Brasília. A intenção é que o projeto seja levado para todos os estados da federação.

NÚMEROS

De acordo com pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com estudantes concludentes do 9° ano em escolas públicas e privadas de todo o país, o percentual de jovens que usaram drogas ilícitas subiu de 7,3% para 9% entre 2012 e 2015. E a taxa dos que já consumiram álcool subiu de 50,3% para 55,5% no mesmo período.

Da Assessoria

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


− 2 = 2