Publicidade
Página Inicial

PC e PM do Pará e do Maranhão deflagram a “Operação Escobar” e prende suspeito de trágico em Itinga do MA

09/06/2024 às 09:40 em Sem categoria

Na última quinta-feira (06), por volta das 19h30, a equipe da Polícia Civil de Dom Eliseu/PA em conjunto com o 51° Batalhão de Polícia Militar e Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Itinga-MA e Delegacia Regional de Açailândia, deflagraram a “OPERAÇÃO ESCOBAR,” que mira o combate ao Crime Organizadovl, voltado à prática de tráfico Interestadual de drogas, ao comércio ilegal de armas de fogo, roubo, dentre outros delitos.

Após vários dias de investigação e serviço de campo, constatou-se que o homem identificado como João Vitor, vulgo “Biló”, estaria praticando a venda de entorpecentes no distrito Bela Vista, em Itinga/PA.

Conforme as informações iniciais, o referido indivíduo trazia a droga da cidade de Itinga do Maranhão e comercializava na Cidade de Dom Eliseu e região. O “modus operandi” da empreitada criminosa era a utilização de adolescentes para realização de trabalhos ligados ao tráfico de drogas.

A função deles era servir como “aviões” do tráfico, isto é, entregadores de drogas e “olheiros” nos pontos da cidade. Além disso, utilizavam algumas casas abandonadas como local de apoio para armazenamento e guarda de drogas.

As equipes policiais, passaram a monitorá-lo, ocasião em que foram realizadas diversas campanas. De posse dessas informações, as equipes policiais empreenderam diligências a fim de realizar a captura do investigado e localizar/apreender a droga que estava na posse do indivíduo, que por volta das 19h00, após monitoramento e movimentação na casa do investigado vulgo “BILÓ” a equipe da Polícia Militar realizou a abordagem do indivíduo, no momento que ele estava saindo de sua residência, na Rua Getúlio Vargas N° 100.

Ao avistar a equipe policial, “BILÓ se desfez de um objeto jogando em sua calçada, diante disso, de imadiato, realizou-se a busca pessoal. Foi encontrado com o individuo 08 (oito) papelotes de substância semelhante ao crack; ⁠01 (um) aparelho de celular, R$ 408,00 (quatrocentos e oito reais) em espécie. Logo em seguida, em continuidade as diligências, as equipes policiais adentraram a residência e localizaram o restante da droga.

No local foram encontrados: 28 (vinte e oito) papelotes de substância análoga a crack, pesando aproximadamente 5.9 gramas. Em ato contínuo as demais equipes policiais, se deslocaram ao suposto endereço que servia como apoio para guarda e armazenamento de drogas, que no local não foi localizado nenhuma pessoa, contudo foi encontrada uma bolsa que continha; R$ 28,00 (vinte e oito reais) em espécie ⁠156 (cento e cinquenta e seis) Invólucros de substâncias análogas a maconha, prontas para comercialização, ⁠01 (um) celular capa azul sem identificação de marca. Próximo da residência estavam dois adolescentes que estavam supostamente realizando o trabalho de “olheiros do tráfico”, atuando na função de vigilância do ponto de drogas.

O João Vitor, vulgo ” BILÓ”, juntamente com os adolescentes, foram conduzidos para Delegacia de Polícia civil, com integridade física preservada, para os procedimentos cabíveis.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


8 + 5 =