Publicidade
Página Inicial

População se revolta e quase promove linchamento de assaltante

15/07/2011 às 14:41 em Sem categoria
Açailandia – Mais uma vez a polícia militar foi acionada para evitar que um homem sofresse um linchamento por parte de populares.
Segundo informações, um homem identificado como Luciano Gomes da Silva (19), morador da Vila Ildemar, teria tentado assaltar outro homem, e por isso quase foi linchado.
Segundo a polícia, por volta das da madrugada da última quinta-feira (14), os policiais militares Antônio Edson, e soldado Wagner, foram informados pela central de operações de que na Vila Ildemar, mas, precisamente nas proximidades da pousada São José, havia um elemento sendo brutalmente espancado por populares.
Quando os policiais estavam saindo do Boxe da PM, na Vila Ildemar, para atender a ocorrência, chegou um homem todo ensangüentado apresentando-se como vítima do assalto.
Segundo ele, um indivíduo havia se escondido atrás de um matagal e quando ia passando, o tal indivíduo com uma camisa amarrada sobre o rosto apontou uma arma em direção a sua cabeça, dando voz de assalto.
Logo após ter anunciado o assalto passou a agredir a vítima fisicamente, dando-lhe uma coronhada na cabeça que a mesma caiu no chão. Ainda segundo a vítima, nesse momento iniciou-se uma luta corporal, ocasião em foi socorrido por dois homens que passavam pelo local onde acontecera a tentativa de assalto.
Outras informações dão conta de que várias pessoas que passavam pela rua socorreram a vítima e a partir daí começou o “linchamento” ao assaltante.
O elemento foi espancado até a chegada da viatura da polícia que imediatamente contornou a situação levando o elemento para receber os primeiros socorros no Hospital Municipal.
A vítima da tentativa de assalto seguiu para a delegacia para registrar o fato com o delegado plantonista Ricardo Luiz de Moura e Silva, onde as providências foram tomadas.
Em menos de oito dias, esta é a segunda tentativa de linchamento por parte da população. O último caso aconteceu com o elemento identificado como Claudivan Ferreira da Silva (33). Ele foi agredido por populares e só não foi linchado graças a chegada da polícia.
O acusado tinha acabado de arrombar uma residência no Jardim Tropical, próximo a Vila Ildemar. O fato aconteceu na segunda-feira (04/07) e ele já havia sido preso em Marabá/PA, pelo mesmo crime.
Fonte: Jornal do Maranhão
Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


6 − = 0