Publicidade
Página Inicial

Mutirão “A Gente Faz Cidadania” realiza mais de 20 mil atendimentos em ITZ

26/06/2017 às 20:48 em Política

Ações serão levadas a outros bairros, para aproximar comunidade do poder público.

Assis 1Consultas odontológicas e médicas, mediação de conflitos, cadastro de processo habitacional, palestras, vacinação de animais, emissão da carteira do idoso, distribuição de mudas, tratamentos de beleza para mulheres e homens, entre outros serviços, foram oferecidos aos moradores do Parque Alvorada II, no último sábado (24), na Praça da Voz. O prefeito Assis Ramos, acompanhado da primeira-dama Janaina Ramos, vereadores e secretários municipais, marcou presença na primeira edição do programa “A Gente Faz Cidadania”, que atendeu mais de cinco mil pessoas e prestou mais de vinte mil atendimentos durante todo o dia (uma só pessoa pode receber vários atendimentos).

Assis 2“O mutirão social representa a valorização da prefeitura com a população, pois o comum é o cidadão se deslocar aos pontos de ações oferecidos pelo município, instituições e órgãos, e, hoje nós trouxemos diversos benefícios para a comunidade” – destacou o prefeito.

Para o secretário de Trânsito, Leandro Braga Silva, a iniciativa de descentralizar o atendimento é de fundamental importância à sociedade. Durante a ação, foi feita a emissão do cartão do idoso que assegura vaga regulamentada de estacionamento em vários locais da cidade. A Setran também instalou um abrigo de ônibus na praça, com o apoio da empresa Rio Anil Transportes (Ratrans), concessionária provisória do transporte coletivo, que também entregou cartões de passe livre à comunidade.

Moradores foram beneficiados com ações de tapa-buracos, recuperação e piçarramento de ruas, podagem de árvores, roço e limpeza de meios-fios, além da demolição de um quiosque em situação irregular no espaço. As atividades foram acompanhadas pelo secretário municipal de Infraestrutura (Sinfra), Francisco de Assis Pinheiro.

Nesta primeira edição do programa “A Gente Faz Cidadania”, os servidores da Secretaria de Planejamento Urbano (Seplu) orientaram sobre os procedimentos para emissão de documentos de Certidão de Uso e Ocupação de Solo, Desmembramento e Remembramento, Alvará de Construção e uso do espaço público. Foi também disponibilizada uma urna para a população colocar sugestões para alteração no texto base do Plano Diretor, que foi lido e aprovado no último dia 20. O documento é uma ferramenta de orientação política de desenvolvimento e ordenamento da expansão urbana, que também engloba a área rural, e feito com a participação da comunidade.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semmarh) realizaram um trabalho educativo, oficina de reciclagem e orientações técnicas sobre arborização e proteção de vegetação. O Núcleo de Educação Ambiental (NEA) fez panfletagem e distribuiu cerca de 600 mudas de Açaí e Ipê, bem como de sacolas de lixo para carro. Na praça também foi montado um Ponto de Entrega Voluntária (PEV) e colocados contêineres separados por cor, para a coleta seletiva. A população recebeu informações sobre como aproveitar materiais recicláveis para a confecção de brinquedos e jogos, como boliche, puff’s de garrafa pet, porta-lápis e enfeites.

A dona de casa, moradora do Parque Alvorada II, Rosimar Viana, se surpreendeu com o evento. “Eu moro aqui há mais de 20 anos e é a primeira vez que eu vejo a praça do jeito que ela está agora, é maravilhoso. Está aprovadíssima a iniciativa, eu espero que aconteçam outras vezes, pois é muito bom” – enfatizou.

A Unidade Móvel do Câncer também esteve presente e fez a prevenção do colo do útero, cadastro para exames de mamografias, PSA (exame de próstata) e agendamento de consultas dermatológicas. “Esta ação é um presente para Imperatriz, pois a maioria dos pacientes que moram em bairros mais afastados têm dificuldades para buscar atendimento no centro da cidade. Então, é uma forma de aproximar o município da comunidade” – afirmou a coordenadora Vilenice Batista.

O SENAC ofereceu barbeiros e cabeleireiras para embelezar os moradores, além de gastrônomos, que ensinaram como preparar sucos alternativos e pizzas do dia-a-dia, de maneira econômica e saudável.

A animação ficou por conta da Jardineira Caipira, que despertou os moradores por volta das 06h e o dia teve apresentação da Banda do 50º BIS e bandas municipais. O exército também montou sua tenda, com exposição de serviços e equipamentos, além de prestar informações sobre os trabalhos desenvolvidos e os procedimentos para o alistamento militar.

Representantes da Associação Comercial e Industrial orientaram sobre administração de dívidas e incentivaram o empreendedorismo, por meio de palestras. A Secretaria de Agricultura ofereceu castração de cães e gatos, vermifugação de pequenos animais, fez doação de pintos e kits de ração. Já no stand da Secretaria da Mulher, foram realizadas escutas individualizadas sobre situações de violência doméstica e esclarecimentos sobre a Lei Maria da Penha, além da entrega de preservativos e panfletos.

Enquanto os pais recebiam os serviços, as crianças brincavam no espaço recreativo oferecido pela Secretaria do Desenvolvimento Social. As igrejas Batista e Assembleia de Deus cederam as suas instalações para contribuir com o programa. A Escola Pirangy, conveniada com o município, serviu como um Centro de Saúde Cidadã, com consultas ginecológicas, odontológicas, pediátricas e geriátricas.

É nosso objetivo demonstrar ao povo, das comunidades geograficamente mais afastadas, que o benefício existe e está ao alcance de todos. Os nossos parceiros externos são de uma importância muito grande e revelam o espírito solidário dos seus líderes quando se juntam a nós para uma ação dessa magnitude” – enfatizou o prefeito Assis Ramos.

Segundo ele, o programa será realizado durante toda sua gestão e anunciou que a próxima edição será no Bairro Ouro Verde.

ASCOM/PMI

Foto: Felipe /Dávila Henrique

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


− 6 = 3