Publicidade
Página Inicial

TJMA acompanha inquérito que apura invasão ao fórum de Açailândia

13/11/2012 às 22:40 em Justiça

capitão Alexandre Nunes
São Luis – A presidência do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ/MA) está acompanhando, por meio de sua Diretoria de Segurança Institucional, o inquérito policial aberto na Delegacia de Açailândia, que apura a invasão e arrombamento de salas do fórum daquela comarca, ocorrido na noite do último sábado (10/11), de onde foram levadas armas vinculadas a processos criminais e do vigilante. 
Todos os órgãos de segurança pública da região foram comunicados da ocorrência e já foram tomadas as providências necessárias para solucionar o caso, inclusive iniciada a perícia em todo o prédio da Justiça, no início da tarde do domingo (11/11), informou o diretor de segurança do TJMA, capitão Alexandre Nunes.
 
A invasão ao fórum foi informada pelo juiz da 1ª Vara da comarca, Ângelo Alencar dos Santos, ao presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Antonio Guerreiro Júnior, e ao corregedor-geral da Justiça, Cleones Carvalho Cunha.
 
Segundo o relato do juiz, o fórum foi invadido por três homens armados à procura de objetos-produtos de crime. “De acordo com a apuração inicial, a ação criminosa retirou do fórum poucas armas, dentre elas a do vigilante noturno. Ainda não podemos determinar exatamente o número, mas até terça-feira (13), informaremos com precisão”, disse Alencar.
 
Após registrar a ocorrência, o juiz suspendeu os serviços judiciários nesta segunda-feira (12/11) para que fosse continuado o serviço de manutenção e reestruturação da rede elétrica que está em andamento no fórum e deveria ter sido concluído no domingo, dia em que foi feita a perícia.
Nessa data, todos os prazos processuais em relação a todas as unidades jurisdicionais situadas no fórum ficaram suspensos.
 
Em ofício enviado à direção do Tribunal e da Corregedoria, o juiz diretor do fórum solicita a substituição de portas e trincos danificados durante a invasão, reforma da guarita, instalação de cancela, cerca elétrica, câmeras de segurança e monitoramento 24h no prédio e o aumento do número de vigilantes armados que fazem a segurança do fórum para, no mínimo, quatro durante o expediente, e dois, após.
 
As informações são do TJMA
Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


9 + 1 =