Publicidade
Página Inicial

Ver. Tavanes ignora recomendação do Ministério Público e se mantém no cargo de Presidente da Câmara de Estreito

20/05/2021 às 06:24 em Sem categoria

Uma recomendação do Ministério Público do Estado do Maranhão, emitida pelo promotor de Justiça de Estreito, Eduardo André Aguiar Lopes, que recomenda o afastamento imediato de Tavanes Firmo, da Presidência da Câmara de Vereadores daquela cidade, foi simplesmente ignorada pelo parlamentar, que atropelando as leis vigentes no país, inclusive a lei orgânica do município, segue na presidência. Este seria seu 3° mandato consecutivo, o que a lei não permite.

De acordo com a recomendação do MP, o vereador teria que ter se afastado da presidência da CME na sessão da última terça-feira (18), o que não aconteceu. Na referida sessão, ele (Tavanes) e seus pares sequer falaram no assunto.

Tavanes, que tem como slogan “o amigo da gente”, encontra-se no seu 4º mandato de vereador. O pecuarista ingressou na política na eleição de 2008, quando disputou uma vaga na Câmara de Vereadores de Estreito, obteve 325 votos e focou como 1º suplente.

Mesmo não tendo sido eleito, assumiu uma vaga no legislativo no ano de 2011. Foi reeleito para o cargo nas eleições de 2012, com 496 votos, em 2016 com 611 e em 2020, com 627 votos.

Tavanes é afiliado ao Partido Progressistas (PP). Durante esses anos como vereador, o parlamentar presidiu a Câmara Legislativa daquele município, por 04 (quatro) mandatos: (2012/2012; 2015/2016; 2017/2018 e 2019/2020) e está presidente.

Durante uma ligeira análise, nos debruçamos sobre as informações, que prova que o político tem uma boa aceitação por parte da população, o que causa estranheza é seu desejo exacerbado de se perpetuar no poder.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


+ 6 = 7