Publicidade
Página Inicial

Vítima de ataques de Flávio Dino, Lobão Filho diz que adversário “está em crise”…

25/06/2014 às 07:57 em Política

Após começar a cair nas pesquisas e a ver seu palanque esvaziado, comunista, que antes pregava campanha decente, começou a atacar o candidato do PMDB.

Lobão Filho

Crescendo nas pesquisas, Lobão Filho mostra-se em estado de graça…

O senador Edison Lobão Filho, pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, criticou ontem o mais recente destempero verbal do seu adversário, o pré-candidato do PCdoB, Flávio Dino; e garantiu que não responderá às provocações.

“Isso é o retrato da mudança de clima entre eles”, avaliou.

Os ataques de Dino começaram no domingo, dia 22, durante a convenção estadual do PSDB, em Imperatriz, após proibir pesquisas que mostravam sua queda e ver esvaziado seus palanques, como o da convenção tucana.

Em discurso, o comunista insinuou que o senador não pode “falar em honestidade” e inventou uma condenação do pré-candidato governista, mesmo após a divulgação de uma certidão negativa emitida pela Justiça Federal em nome de Lobão Filho.

Flavio

…E Flávio Dino agora vive com a cara amarrada

“Eu posso falar em honestidade, porque eu nunca respondi nenhum processo na vida, enquanto meu adversário carrega no seu currículo duas condenações criminais a penas altas, inclusive, por malfeitos que fez na sua vida”, afirmou Flávio Dino.

Para Lobão Filho, a queda nas pesquisas e a recente perda de apoio popular, aliadas ao fracasso da convenção do PSDB, mexeram com os brios do adversário.

“Tenho convicção disso [de que o fracasso da convenção do PSDB, em Imperatriz, contribuiu para os mais recentes ataques sofridos]. O [prefeito Sebastião] Madeira criou, como sempre, uma expectativa muito grande, prometeu algo que não cumpriu, se vendeu como grande líder, levou a convenção para lá e acontece um desastre daquele, um fiasco daquele”, analisou, avaliando que o fracasso pode ter afetado psicologicamente o candidato do PCdoB.

De O Estado do Maranhão

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


6 − 2 =