Publicidade
Página Inicial

23/03/2011 às 22:02 em Sem categoria

Em greve, Polícia Civil do Maranhão registra somente casos graves


Apenas 30% dos cerca de 1.600 policiais civis do Maranhão estão trabalhando nesta quarta-feira (23), segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do estado, o que representa menos de 500 policiais. Somente os casos mais graves são registrados nas delegacias.
A categoria entrou em greve por tempo indeterminado na terça-feira (22). De acordo com Eleudo Moreira, presidente da Associação dos Policiais Civis e vice-presidente do Sindicado dos Policiais Civis, é os policiais querem um aumento de pelo menos 10% nos salários. O valor inicial do salário é R$ 2.195, segundo o sindicato.
“A nossa principal reivindicação é a correção das remunerações pelo índice da inflação, além do reajuste de benefícios, como auxilio alimentação, adicional noturno, adicional de insalubridade e gratificação por exercício em local de difícil provimento”, afirmou Eleudo ao G1.
Segundo a Secretaria de Segurança Pública governo propõe 5% de reajuste sobre a hora extra já a partir dos vencimentos de abril e mais 5% sobre a hora extra a partir de julho. O governo ainda propõe fornecer vale alimentação a motoristas e operadores de rádio, que não recebiam o benefício.
Na noite desta quarta-feira, representantes do governo e dos policiais vão se reunir para discutir as reivindicações. A proposta feita na reunião será discutida em assembleia da categoria agendada para a manhã de quinta-feira (24).
Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


− 9 = 0