Publicidade
Página Inicial

Acusado de latrocínio em Araguaína é preso em Imperatriz

18/07/2017 às 08:44 em Polícia
Net_Denis_Alencar_de_Brito_20170715

Dennis Alencar de Brito foi preso em Imperatriz

Uma equipe da Delegacia de Homicídios de Araguaína, liderada pelo delegado Guilherme Coutinho, prendeu na manhã desta quinta-feira (13) o segundo suspeito de envolvimento no assalto que terminou com a morte de um peão de rodeio em Araguaína, no mês passado.

Dennis Alencar de Brito, 21 anos, foi preso quando se encontrava na casa de parentes, localizada na Rua da Assembleia, entre Sálvio Dino e Marechal Rondon, em Imperatriz.

Dennis Alencar de Brito foi recambiado para Araguaína, onde se encontra à disposição da justiça.

O caso

O peão de rodeio Getúlio Santos da Silva (26 anos), natural de Uruá (PA), foi morto com um tiro na cabeça durante um assalto que aconteceu na noite de 14 de junho, no alojamento onde ele e outros peões estavam hospedados, em Araguaína. Getúlio e os outros peões se preparavam para participar do rodeio profissional da Exposição Agropecuária de Araguaína 2017.

Na noite do latrocínio, o autor do disparo foi imobilizado pelos colegas do peão e entregue à Polícia Militar, que foi acionada imediatamente. Ele foi identificado com Rafael Silva Cavalcante (19 anos), tinha passagem por roubo e havia saído há poucos dias da cadeia.

Os comparsas de Rafael conseguiram escapar, mas a Polícia Civil deu andamento à ocorrência e começou a investigar o caso, conseguindo prender Dênis de Brito.

No fim da tarde desta sexta-feira (14), os policiais civis de Araguaína prenderam o terceiro suspeito. Márcio Vinicius Carneiro Martins, 23 anos, na cidade de Ananindeua, no estado do Pará, a 500 km de Imperatriz. Ele também já foi recambiado para Araguaína, comarca da culpa.

De O PROGRESSO

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


9 + 9 =