Publicidade
Página Inicial

Aeroportos de São Luís e Imperatriz serão leiloados nesta quarta-feira

07/04/2021 às 03:26 em Sem categoria

Os aeroportos Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís, e prefeito Renato Moreira, em Imperatriz, serão leiloados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) nesta quarta-feira (7).  Chamada pelo governo de “Infra Week”, entre os dias 7 e 9 de abril, serão ofertados à iniciativa privada 22 aeroportos, 1 ferrovia e 5 terminais portuários.

O leilão dos aeroportos foi dividido em três blocos por regiões – Sul, Norte I e Central. Vence o certame quem oferecer o maior valor de outorga na assinatura do contrato.

Leilões da semana 

  • Bloco Sul (9 aeroportos): Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR), Navegantes (SC), Londrina (PR), Joinville (SC), Bacacheri (PR), Pelotas (RS), Uruguaiana (RS) e Bagé (RS)
  • Bloco Norte (7 aeroportos): Manaus (AM), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC), Cruzeiro do Sul (AC), Tabatinga (AM), Tefé (AM) e Boa Vista (RR)
  • Bloco Central (6 aeroportos): Goiânia (GO), São Luís (MA), Teresina (PI), Palmas (TO), Petrolina (PE) e Imperatriz (MA).

Juntos, estes aeroportos representam 11% de todo o tráfego de passageiros no país, de acordo com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). No total, o investimento nos três blocos atinge R$ 6,1 bilhões, sendo R$ 2,8 bilhões no Bloco Sul, R$ 1,8 bilhão no Bloco Central, e R$ 1,4 bilhão no Bloco Norte.

O lance mínimo da contribuição inicial de cada bloco terá valores mínimos de:

  • R$ 130,2 milhões pelo Bloco Sul;
  • R$ 47,8 milhões pelo Bloco Norte;
  • R$ 8,1 milhões pelo Bloco Central.

As concessionárias que vencerem os leilões nos aeroportos do estado deverão realizar melhorias com a adequação de banheiros e fraldários, revitalização e atualização das sinalizações de informação dentro e fora do Terminal de Passageiros (TPS), disponibilização de internet wi-fi gratuita de alta velocidade em todo o TPS e revisão de sistemas de climatização, escadas rolantes, esteiras rolantes elevadores e esteiras para restituição de bagagens entre outras intervenções.

Na área portuária, o governo irá leiloar quatro terminais no Porto de Itaqui (IQI03, IQI11, IQI12 e IQI13), no Maranhão, e um no Porto de Pelotas (PEL01), no Rio Grande do Sul.  Assim como os demais, o evento será na modalidade de maior valor da outorga.  As quatro áreas no Porto de Itaqui  são voltadas ao armazenamento de granéis líquidos, de acordo com a principal vocação do empreendimento. O complexo funciona como distribuidor para as regiões Norte e Nordeste, por meio da navegação de cabotagem. No total, os quatro terminais totalizam mais de 120 mil m².

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


6 − 3 =