Publicidade
Página Inicial

Diretor Geral do IFMA/Campus Buriticupu esclarece fatos envolvendo o nome da instituição

22/08/2013 às 17:15 em Regional

ifmaBuriticupu – O Sr. Ronald Ribeiro (diretor Geral do IFMA Campus Buriticupu), através de nota encaminhada a imprensa na tarde desta quinta-feira (22), esclarece fatos que ganhou repercussão, envolvendo o nome da instituição.

De acordo com o diretor, as noticias veiculada na mídia não condiz com a verdade.

Veja a integra da nota:

O IFMA Campus Buriticupu vem a público repudiar as notas vinculadas na impressa onde mencionam de forma vergonhosa o nome da Instituição e fazem afirmações caluniosas. Diante da notícia vinculada na imprensa onde se afirma que o exército que se encontra hospedado nas dependências do IFMA Campus Buriticupu vem cometendo atos libidinosos, desrespeitosos e de atentado a moral é infundada, imoral e irreverente.

A presença do Exército na cidade é por uma ação do IBAMA contra a extração e exploração ilegal de madeiras. Lamentamos que situação como essa aconteça com o nome de uma Instituição de Educação que vem promovendo mudanças significativas de crescimento cognitivo e melhoria dos indicadores sociais, instituição essa quem tem dado, ao longo de sua existência em Buriticupu, contribuições importantes para a comunidade Buriticupuense gerando conscientização para um desenvolvimento mais sustentável em prol da cidade de Buriticupu e região.

Em relação às acusações que nos fazem, não recebemos qualquer denúncia formalizada em relação a assédio ou estupro de nossas alunas, infelizmente tais comentários maldosos e que envolvem interesses escusos acabam comprometendo a integridade moral dos alunos e servidores desta Instituição. Jamais iríamos compactuar com tais práticas dentro desta Instituição que vem trabalhando em parceria com a comunidade Buriticupuense na luta por melhorias e desenvolvimento da região.

O IFMA Campus Buriticupu condena este tipo de comentário inescrupuloso e lamenta pela fala e escrita proferida a Instituição. Em relação às acusações temos a dizer:

1º – O Exército encontra-se na cidade de Buriticupu realizando uma ação coordenada pelo IBAMA para coibir a extração/exploração ilegal de madeiras; na chamada FORÇA-TAREFA PÁTRIA-BRASIL;

2º – As dependências do IFMA Campus Buriticupu foram solicitadas pelo Comando Militar do Nordeste para abrigar médicos, soldados e o Comando Geral, como apoio às suas atividades na região. Dentre suas atividades, está também, o atendimento no Hospital de Campanha, montado dentro do IFMA, sendo realizados até o momento, 1380 atendimentos médicos e odontológicos aos alunos, servidores e moradores de comunidades adjacentes. Vem ainda dando colaboração ao ensino desta instituição, proferindo palestras educativas com diversos temas, como drogas, trânsito, gravidez na adolescência e dando suporte a professores pesquisadores em seus trabalhos científicos. – Além, disso, o Exército Brasileiro, por meio de Ações Cívico-Sociais, vem buscando cada vez mais uma aproximação da população Buriticupuense, com a entrega de cestas básicas, kits de higiene bucal, recuperação de instalações físicas de escolas e órgãos públicos, bem como a exposição de materiais militares pela cidade de Buriticupu, reforçando a informação;

3º – A piscina da Instituição foi utilizada para promover uma competição/ torneio entre alunos e militares, com o acompanhamento de professores e da comunidade, torneio esse solicitado pelo grêmio desta Instituição escolar e foi também solicitada pelo comando da operação para prática de atividades físicas, sendo essas atividades uma praxe do exército, o fomento as atividades físicas;

4º – O traje utilizado em uma piscina trata-se de fato de uma sunga, portanto nada que venha desabonar a conduta moral ou incitar a concupiscência;

5º – A não liberação da piscina antes para os alunos deve-se ao fato de não termos os produtos químicos para tratamento da água da piscina e médicos para o exame de nossos alunos, ações essas que só puderam acontecer com a chegada do exército que trouxe os produtos e os médicos, por isso a piscina foi liberada neste período;

6º – A afirmação de que cerca de 200 mulheres ficam entrando e saindo do IFMA Campus Buriticupu para fazer sexo com os militares é infundada, desrespeitosa e imoral, somos uma Instituição de Ensino, pesquisa e extensão todos os dias adentram a essa Instituição um quantitativo grande de pessoas que trabalham, estudam e tem acesso a nossa biblioteca e demais serviços, tal calúnia é uma afronta à integridade moral de toda a comunidade, ao longo do dia temos pessoas circulando o tempo todo dentro da Instituição, bem como segurança do patrimônio público 24 horas;

7º – Sobre o uso de alguns espaços acadêmicos, como piscina, laboratórios, com permissão da direção do campus, uma vez que, em momentos que não comprometem o andamento de nossas atividades.

O IFMA Campus Buriticupu condena qualquer tipo de comentário inescrupuloso à comunidade acadêmica e lamenta pela fala e escrita proferida à instituição.
Colocamo-nos a disposição para outros esclarecimentos sobre o assunto.

Atenciosamente: Ronald Ribeiro
Diretor Geral do IFMA/Campus Buriticupu

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

3 Comentários para 'Diretor Geral do IFMA/Campus Buriticupu esclarece fatos envolvendo o nome da instituição'

  1. Caro jornalista, boa noite!
    Sou Antenor Ferreira, responsável pela página Interligado – Portal de Notícias do baixo Parnaíba maranhense (http://www.bloginterligado.com.br/).

    Venho através deste propor ao amigo uma troca de links para ajudarmos ainda mais na divulgação de nossa páginas.

    Confiante na parceria, informo que seu blog já encontra-se adicionado a nossa lista, me dispondo a ajudar no que necessário.

    Grato, parabenizo-o pelo excelente trabalho

    Antenor Ferreira

    22/08/2013 às 20:33

  2. Parceria fechada. Aguarda um pouco que vou colocar seu link!

    Antonio Marcos

    23/08/2013 às 18:27

  3. Em relação á piscina os soldados ja haviam tomado banho nela bem antes do torneio….

    em relação as meninas entrando no IFMA á noite… o muro da instituição caiu com moças subindo nele á noite…..

    carlos

    22/08/2013 às 22:02

Deixe um comentário


4 + 8 =