Publicidade
Página Inicial

Frustrada mais uma tentativa de vereadores de oposição de afastar o prefeito de Imperatriz

22/03/2022 às 12:00 em Sem categoria

Vereadores de Oposição ao prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, que querem a qualquer custo “minar” o gestor, tiveram frustrada mais uma tentativa de Impeachment.

Chama atenção o desespero dos parlamentares em cassar o mandato do prefeito, exatamente em um ano eleitoral. Mas desta vez também ficou patente que Assis tem apoio popular, pois a maioria dos que estavam na Câmara gritavam palavras de ordem em favor do gestor e repudiavam a ação isolada da oposição.

A maioria dos sete vereadores são aliados do governo do Estado do Maranhão, entre estes alguns candidatos, como é o caso dos vereadores Ricardo Seidel e Aurélio do PT, que são pré-candidatos a deputado estadual.

De acordo com apuração do Blog, Seidel teria convocado uma turma para desgastar Assis Ramos, que lançou a esposa Janaína, como pré-candidata a deputada estadual.

Para que se tenha uma idéia, só este ano já foram fracassadas, duas tentativas de afastar Assis, que segue firme, mesmo enfrentando toda sorte de ataques.

Na sessão da Câmara de Municipal de Imperatriz, desta terça-feira (22), em que foi colocado em votação mais um pedido de afastamento, 6 vereadores votaram a favor e 13 votaram contra. A CMI é composta por 21 parlamentares. O presidente da casa Alberto Sousa não votou, uma vez que este só vota em casa de empate (voto de minerva) e um vereador de oposição que chegou a sessão depois da votação.

O pedido de afastamento votado hoje é baseado apenas nos buracos existentes na cidade, causados pelo inverno rigoroso, mas que o prefeito afirma que até julho as ruas estarão recuperadas, pois está conseguindo recursos em Brasília para recapeamento da malha asfáltica da cidade, segundo informações.

A outra alegação dos parlamentares, é a operação do GAECO em Imperatriz, que atingiu a secretaria de Infraestrutura e Superintendência de Limpeza Pública, mas que ao tomar conhecimento da situação, Assis Ramos afastou os envolvidos e se colocou a disposição para colaborar com as investigações.

:

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


7 − = 1