Publicidade
Página Inicial

Léo Cunha paga R$ 17.500 a ex-sócio por capacitação que os professores desconhecem

05/10/2021 às 09:39 em Sem categoria

Enquanto o prefeito de Estreito, Léo Cunha insiste em ignorar professores, negando a eles a data base e progressões, o dinheiro público continua sendo gasto em locações de veículos, diárias, assessorias e “capacitações”.

O último episódio é uma situação no mínimo suspeita, a contratação de uma capacitação envolvendo uma empresa de um ex-sócio do gestor.

A Celer Idiomas, empresa que tem sua sede na cidade de Imperatriz, pertence ao senhor Eleron Moraes de Oliveira, o “professor Moraes”. A contratação baseada em dispensa de licitação chamou atenção por alguns professores se mostraram surpresos, pois tal capacitação não teria ocorrido.

Além de alguns professores desconhecerem a capacitação, o que já é muito grave, outro ponto chama atenção neste caso.

O proprietário da Celer Idiomas, também é proprietário da Vinnya Idiomas, outra empresa sediada em Imperatriz. Muito embora a empresa Vinnya Idiomas atualmente pertença apenas ao senhor Elerson, l tinha como sócio o Prefeito Léo Cunha. Os fatos comprovam que Elerson e Léo Cunha são mais que amigos e conhecidos.

Más não para por aí. Além de Léo Cunha, a empresa teve também como sócio, o Sr. Luan Bruno Lobo Campos, situação que demonstra a proximidade da empresa e da família Cunha.

A revelação mostra que o atual prefeito vem “ajeitando” os seus, inclusive com licitações que beneficiam seu ex-sócio.

Resta saber se foi apenas uma grande coincidência o ex sócio de Léo Cunha ter sido escolhido.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


9 − 6 =