Publicidade
Página Inicial

Membro de facção “tomba” em confronto com a Polícia Civil em Itinga do Maranhão

18/01/2024 às 09:33 em Sem categoria

Uma megaoperação da Polícia Civil do Maranhão foi deflagrada, na manhã da última terça-feira(16), com a missão de cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva em desfavor de dois homens, investigados pela prática de homicídio ocorrido no município de Itinga do Maranhão. A força-tarefa contou com a participação de policiais civis Delegacia de Polícia de Itinga, com apoio das Delegacias Regionais de Açailândia e Imperatriz, através do Grupo de Pronto Emprego (GPE), e da Polícia Civil do Estado do Pará.

A ação policial teve como base uma investigação que apura o assassinato ocorrido no último dia 6 de janeiro, no bairro Jardim Planalto, onde um homem identificado como Cícero Rodrigo da Silva, foi morto com vários disparos de arma de fogo efetuados por dois homens encapuzados. Na ocasião, uma mulher que também estava no local, foi atingida por um dos disparos.

As investigações realizadas pela Polícia Civil revelaram a autoria e motivação do crime, que teria sido praticado por dois membros de uma facção criminosa, tendo como motivação o fato da vítima estar comercializando entorpecentes em seu estabelecimento comercial, atrapalhando o comércio de outras bocas de fumo e por não pertencer a facção criminosa dos autores do crime.

No decorrer das investigações ficou constatado que um dos autores do crime se tratava de um foragido da justiça paraense que possuí dois mandados de prisão em aberto expedidos pela justiça do Pará, pelos crimes de roubo majorado e um roubo mediante sequestro de um empresário no interior do Pará, que foi obrigado a realizar transações bancárias via Pix, fato ocorrido em setembro do ano passado.

Com relação ao segundo suspeito de participação no homicídio de Cícero Silva, a Polícia Civil maranhense descobriu que, o mesmo possui três processos criminais na justiça maranhense, todos por tráfico de drogas, sendo dois na Comarca de Imperatriz, com condenação em primeira instancia, e um em Itinga do Maranhão, que ainda tramita.

Na terça, de posse dos mandados de prisão e de busca apreensão, os policiais civis se dirigiram aos endereços dos investigados, no bairro São Sebastião, a fim de cumprirem as decisões judiciais. Assim que chegaram ao imóvel, um dos suspeitos recebeu os policiais a tiros, momento em que se iniciou um confronto.  Um dos policiais civis levou um tiro no pé e, agindo em legitima defesa, revidaram e cessaram a injusta agressão. Durante a troca de tiros, companheira do suspeito foi baleada na região do pé.  O investigado acabou vindo a óbito ainda no local.

No interior da residência alvo da ação policial, foram encontrados um revólver calibre .38, com numeração suprimida, um coldre para arma de fogo, duas pedras de crack, 87 porções de crack prontas para venda, o valor de 99 reais trocados e materiais usados para a preparação da droga.

De acordo com a Delegacia de Itinga, o segundo suspeito fugiu do imóvel antes do cerco policial, devido ao confronto que se iniciou na casa do primeiro investigado, ao ouvir o barulho da troca de tiros, se evadiu em direção a matagal. Na residência dele e da sogra, os policiais localizaram drogas, aparelhos celulares e uma espingarda.

Como resultado da ação, a companheira e a sogra dos dois investigados foram autuadas em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


1 + = 7