Publicidade
Página Inicial

Mentira tem pernas curtas: SAMU de Açailândia não foi trazido por Hélio Santos como noticiada por parte da Imprensa Local.

16/03/2011 às 23:00 em Sem categoria


helio-santosAçailândia – Segundo parte da Imprensa mantida financeiramente pelo poder público municipal, o Deputado Federal Hélio Santos (PSDB) mesmo sem ter direito as emendas parlamentares no primeiro ano de mandato já que o orçamento foi votado em dezembro pelos deputados que saíram, (até aí tudo verdade) o parlamentar optou por peregrinar nos ministérios e secretarias do governo federal a fim de identificar recursos que possam ser direcionados para a região Sul do estado do Maranhão (Ilusão e mentira).
Parte da Imprensa de Açailândia ainda acrescentou que em menos de 30 dias de mandato já que o deputado tomou posse em 1º de fevereiro, Hélio já conseguiu uma grande conquista para o povo de Açailândia e região, um SAMU com toda a estrutura para atendimento de urgência e emergência (Aí pura balela).
A verdade veio à tona
O SAMU de Açailândia está dentro  do projeto de ampliação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, discutido no ano passado entre Ministério da Saúde, Governo do Estado e prefeituras de 42 municípios maranhenses. 
O projeto vai aumentar o número de unidades básicas e avançadas para o Samu de Imperatriz. Serão quatro novas ambulâncias, que deverão estar na cidade até o final deste mês.
A informação foi dada ontem pelo coordenador do programa, Weverton Augusto Oliveira, acrescentando que, além de Imperatriz, cidades que terão postos de atendimentos emergenciais serão contempladas com esses veículos com capacidade para a realização de atendimentos emergenciais, inclusive Açailândia
Ao todo, serão vinte e nove unidades, que ficarão à disposição do programa de expansão acertada entre os órgãos de saúde.
Desde o ano passado que está sendo discutida esta expansão e agora entra na segunda etapa, que são a chegada das ambulâncias e a preparação dos municípios para funcionar como polos. 
Municípios mais próximos de Imperatriz ficarão sob responsabilidade do Samu de Imperatriz, que terá ainda o aumento de profissionais, como médicos e enfermeiros, para atender a esta demanda. 
Regido por uma portaria de dezembro de 2009, o projeto já está sendo implantado em grandes cidades desde o ano passado e agora chegou a vez do Maranhão, começando pela região tocantina. Até mesmo Balsas ficará com ponto de apoio do Samu de Imperatriz.
Weverton Oliveira destaca ainda que as chamadas de atendimentos serão feitas ao Samu de Imperatriz, que por sua vez acionará os pontos de apoio.
Açailândia, Balsas, Itinga e Cidelândia estão entre as cidades que funcionarão como polos regionais deste projeto e desde ontem que já estão à disposição dos municípios as unidades de atendimentos.
Caberá às secretarias municipais de saúde a responsabilidade de enviar motorista para trazê-las ao município.
O coordenador acredita que até o final do ano todo o projeto esteja em pleno funcionamento nos quarenta e dois municípios. 
Em Imperatriz e municípios de João Lisboa, Edison Lobão, Davinópolis e Senador La Rocque, o atendimento será iniciado já a partir deste final de mês.
Fonte/http://www.wiltonlima.com
Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


8 − = 5