Publicidade
Página Inicial

PC e MP de Buriticupu tem trabalho reconhecido pelo TJMA

11/03/2013 às 00:15 em Justiça
m_08032013_1133

Promotor de Justiça e delegado relatam situação dos custodiados

Buriticupu – A Unidade de Monitoramento Carcerário do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) verificou a situação dos custodiados na delegacia de Buriticupu, distante 417 km de São Luís.

“As autoridades locais estão cumprindo o que determina a lei. Os detentos do município possuem uma rotina bem dinâmica. Participam de atividades esportivas, exercícios laborais, práticas voltadas para a geração de renda, capacitação profissional e celebrações religiosas”, afirma a chefe da Divisão de Assistência Jurídica da Unidade, Marilene Aranha.

Segundo ela, pelo que foi observado na comarca, a Promotoria e a Delegacia têm se esforçado para que os presos recebam tratamento digno e tenham seus direitos respeitados, o que, segundo ela, representa um importante avanço no processo de reconhecimento da dignidade humana.

“A iniciativa é grandiosa e digna de ser copiada. As ações promovidas têm evitado fugas, motins e rebeliões e, acima de tudo, valorizado os detentos”, destaca Marilene Aranha.

PRÊMIO – O projeto de ressocialização desenvolvido na delegacia da comarca concorreu a 9ª edição do Prêmio Innovare (2012), ficando entre os primeiros colocados. “O projeto concorrerá novamente ao prêmio este ano”, informa o delegado do município, Dr. Carlos Alessandro Assis.

Assis ressalta que a partir da implementação das ações, as mudanças de comportamento passaram a ser percebidas no dia a dia de cada interno. “Nossa relação com os presos é bem aberta. Tratamos todos com dignidade e respeito. Por conta disso, não temos sequer registro de rebelião, motim ou greve”, finalizou o delegado.

Além do delegado, Dr. Carlos Alessandro Assis, a chefe da Divisão de Assistência Jurídica da Unidade, Marilene Aranha, conversou com o promotor de Justiça da comarca, Dr. Gustavo Oliveira Bueno, e a analista judiciária, Andréia Soares Mendes, lotada no fórum da comarca local.

Da Assessoria de Comunicação do TJMA

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


7 − = 5