Publicidade
Página Inicial

Polícia Militar prende integrantes do PCC que faziam a distribuição de drogas na região de Açailândia

19/03/2024 às 07:25 em Sem categoria

Indivíduos que estão vindo para Açailândia com intuito de lucrar com o crime, não têm tido muito êxito, isso porque a polícia, em especial a Militar, através do Serviço de Inteligência, não tem dado trégua um só dia no enfrentamento a criminalidade das mais diversas modalidades.

Na noite desta segunda-feira (18), mais um grupo de traficantes comandado pela facção criminosa PCC – Primeiro Comando da Capital, que tem ramificação em Açailândia, foi desarticulado com a prisão de dois dos seus integrantes, suspeitos de comandar um dos pontos de distribuição de drogas (crack e cocaína), no município de Açailândia.

De acordo com apuração do Blog do Antônio Marcos, homens do Serviço de Inteligência receberam informações dando conta de que na Rua Goiás II, no Bairro do Jacu havia um centro de armazenamento e distribuição de entorpecentes.

Ainda segundo apuração do blog, ao checar a informação juntamente com a Força Tática, Esquadrão Aguia e o comandante do batalhão, Major Lima, os agentes da ALI – Agência Local de Inteligência conseguiram “estourar” o local que seria uma espécie de “QG” do grupo criminoso.

No local foram encontradas várias porções de entorpecentes, substâncias semelhantes e/ou igual a cocaína e crack.

Toda a droga estava escondida em pelo menos três residências, para dificultar o trabalho da polícia (Serviço de Inteligência), o que mais uma vez não deu certo.

Entre a droga apreendida está certa quantia de um homem conhecido pela alcunha de “Nilsinho”, preso recentemente também pelo Serviço de Inteligência.

Foram encontrados ainda vários apetrechos utilizados para a prática do tráfico de drogas, como prensa, balança de precisão e até rádios amadores, que estavam configurados na frequência da Polícia Militar.

Através do rádio, os criminosos acompanhavam toda movimentação da polícia, para que pudessem agir sem serem pegos de surpresa. O que os suspeitos não imaginavam era que alguém, certamente insatisfeito, por algum motivo fosse denuncia-los.

Os suspeitos, juntamente com todo material apreendido, foram apresentados na Delegacia da Polícia Cívil para as providências pertinentes ao caso.

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


− 2 = 1