Publicidade
Página Inicial

Professores do Maranhão recebem 77% a mais que os de São Paulo

29/03/2011 às 10:52 em Sem categoria
O Piso salarial para professores iniciantes com curso superior no Maranhão já é o maior do Brasil. É quase 4 vezes, por exemplo, do Rio Grande do Sul. 
378% 299% 227% 77% 60%
Maior do que no Rio Grande do Sul Maior do que no Pará Maior do que no Piauí Maior do que em São Paulo Maior do que no Distrito Federal
Dados do Consed, publicados na edição de número 387 do Brasil Econômico, de 11/03/2011
Caso o governo do estado do Rio Grande do Sul queira equiparar os salários dos seus professores aos vencimentos já em vigor no estado do Maranhão, terá que dar de uma só vez um aumento de 378% aos seus docentes. 
E não é só em relação ao estado gaúcho que os professores daqui levam larga vantagem em termos de remuneração. 
O piso salarial de um professor iniciante com curso superior, no Maranhão, é 77% maior do que recebe o mesmo profissional em São Paulo, que é o estado mais rico do Brasil.
Todos os estados brasileiros tiveram divulgados os valores dos pisos que praticam com os professores. Levantamento feito pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação, Consed, está na edição do último final de semana do jornal Brasil Econômicowww.brasileconomico.com.br), página 6 do primeiro caderno. 
O Maranhão paga R$ 1.631,00 para professor de 20 horas semanais e duas vezes isso para os que possuem duas matrículas, ou seja, duas jornadas que resultariam em 40 horas semanais. 
O Brasil Econômico comete um erro quando diz em sua capa que o maior salário é o praticado no estado do Tocantins, de R$ 2.864,62. Só que em Tocantins o piso tem como referência 40 horas semanais, o dobro da carga horária no Maranhão. Aqui, o professor de 40 horas ganha duas vezes R$ 1.631,00, portanto R$ 3.262,00, 14% a mais que no outro estado.
A publicação do jornal paulista reforça que o piso salarial nacional da categoria em greve no Maranhão é de R$ 1.187,08 para uma jornada de 40 horas semanais. 
O governo do Maranhão paga a quem tem jornada de 40 horas semanas 175% a mais do que determina o piso nacional.
Brasil Maranhão
R$ 1.187,08 Piso Nacional, Lei 11.738/2008, para 40 horas semanais   R$ 3.262,00 Piso para jornada de 40 horas semanais R$ 1.631,00 Piso para jornada de 20 horas semanais 
 Se no Maranhão o salário é o melhor do Brasil, o mesmo não se pode dizer da qualidade do ensino. 
O IDEB/2009 coloca em primeiro lugar os alunos do Paraná, onde os professores são os 17º colocados na tabela das melhores remunerações, exatamente o inverso do que se verifica com os maranhenses, onde o salário é o mais alto do Brasil e o aproveitamento dos alunos de ensino médio é o 17º do país.
No Rio Grande do Sul, onde os professores estaduais ganham menos de 30% do que percebem os maranhenses, os alunos aparecem na quinta colocação no IDEB.

 Fonte/www.brasileconomico.com.br

Acompanhe o Blog do Antonio Marcos também no Facebook e no Twitter.

Deixe um comentário


+ 9 = 12